Primeira mão: Rui Tavares lança novo projeto para defesa dos direitos humanos

fc1726fa6d2d640b51d627ae983dfdafRui Tavares avançou em primeira mão ao Panorama que lançará em breve, a nível pessoal, um projeto que visa construir redes de apoio aos direitos humanos em países lusófonos.

O fundador do LIVRE aproveitou a aprovação da Guiné Equatorial como membro de pleno direito da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), decisão que já criticou em público, para definir os moldes de actuação da nova plataforma. E exemplificou: “lançar acções de solidariedade e apoio a pessoas específicas cujos direitos estejam a ser violados e simultaneamente um trabalho mais continuado de ligação entre a vida cultural e a defesa dos direitos humanos, incluindo direitos ambientais”. Para cumprir estes objetivos e criar o que idealiza como uma “Amnistia Internacional dos países de língua portuguesa”, Rui Tavares adianta que já localizou parceiros em países como Angola ou Brasil.

No entanto, o líder político não limita a acção a cidadão destes países: “amigos da comunidade lusófona ou gente que esteja interessada na acção nessa comunidade” também farão parte da rede em que agora está a trabalhar com “entusiasmo” e que deverá ser lançada em breve em mais de uma cidade lusófona.

Descomplicador:

Rui Tavares revelou o novo projeto pessoal, de defesa de direitos humanos nos países de língua portuguesa, no contexto das críticas que teceu à actuação de Portugal no que toca à entrada da Guiné Equatorial na CPLP, num processo em que considerou que os interesses económicos se sobrepuseram aos direitos humanos.

Esta noite será publicado no Panorama uma entrevista exclusiva com Rui Tavares

Publicado por: Mariana Lima Cunha

21 anos, natural de Oeiras. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós-graduada em Comunicação e Marketing Político pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas. Jornalista online do Expresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *