Young European Legislators Network. Nasceu um novo apoio para os jovens europeus

Young European Legislators Network

De diferentes partidos políticos, e todos com menos de 40 anos, vários deputados de assembleias nacionais de países da UE e do parlamento europeu juntaram-se para dar um novo impulso à política de juventude na Europa. A Young European Legislators Network foi apresentada esta segunda-feira em Roma.

“Nós reunimo-nos em Roma, porque foi aqui que, em 25 de marco de 1957 se assinou o primeiro tratado para a construção de uma Europa unida”, explica a deputada Ascani Anna, uma das promotoras desta iniciativa apoiada pelos Youth Integroup e European Youth Forum.

Com o emprego jovem no topo das prioridades, esta rede já avançou com algumas propostas concretas. Entre elas, a promoção de um “mercado de trabalho europeu flexível e seguro”, pela “criação de um contrato de trabalho único, válido para todos os países e com garantias crescentes”.

No manifesto apresentado, o combate ao desemprego, pela “implementação e fortalecimento da Garantia Jovem Europeia”, a consolidação do programa Erasmus + e do Serviço Europeu de Voluntariado, para fomentar o sentimento de pertença à União Europeia, são outras linhas principais. Os membros do grupo sublinham também a necessidade de “promover o crescimento aproveitando os recursos da era digital”, a criação de estratégias para a “consolidação das finanças públicas” e o aumento da proteção ambiental.

De Portugal, integram a Young European Legislators Network os deputados Duarte Marques do PSD, que foi escolhido para a declaração final do grupo em conjunto com um deputado alemão, mas também Rui Duarte, do Partido Socialista e Vera Rodrigues do CDS.

Descomplicador:

Esta rede de jovens legisladores vai reunir-se a cada seis meses no parlamento de um dos Estados-Membros ou no Parlamento Europeu, para definir estratégias e metas. De modo a atingir os objetivos, o grupo vai cooperar “tanto quanto possível” com organizações civis e políticas que defendam os interesses dos jovens europeus. Seminários, eventos, conferências e a utilização de ferramentas de comunicação, como a European Structured Dialogue, serão os principais meios pelos quais a Young European Legislators Network se fará ouvir.

A declaração completa está disponivel em: Declaração de Intenções Young European Legislators Network

 

xflenb@tryalert.com'
Publicado por: Maria Teresa Sousa

20 anos, natural de Lisboa. Finalista de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social. Colaborou como redatora nas revistas online Oitava Colina e Espalha Factos e foi revisora no Bola na Rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *