Duarte Cordeiro: O simbolo da “renovação geracional” de António Costa

Duarte CordeiroDuarte Cordeiro foi escolhido por Fernando Medina como o novo vice-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, depois da saída de António Costa da liderança da autarquia lisboeta. Com 36 anos, o ex-líder da Juventude Socialista e actual presidente do PS Lisboa assume a vice-presidência da cidade onde nasceu.

O agora nº2 da maior autarquia portuguesa anunciou “a abrir” um investimento de 10 milhões de euros na requalificação de estradas do concelho, afirmando à TSF ter uma excelente relação com Fernando Medina e desvalorizando o facto de não ficar responsável pela pasta das finanças.

Licenciado em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), Duarte Cordeiro assumiu desde novo posições politicas de relevo. Apesar de ter começado numa empresa ligada ao grande consumo, como assistente de produto, em 2004, no ano seguinte tornou-se adjunto de Laurentino Dias, Secretário de Estado do Desporto e da Juventude, no primeiro Governo de José Sócrates.

Após um ano como adjunto de Laurentino Dias, ainda sob o Governo de Sócrates tornou-se vice-presidente do Instituto Português da Juventude (IPJ), cargo que desempenhou durante dois anos, onde implementou a Lei do Associativismo Jovem e criou a Feira Nacional da Juventude durante a presidência portuguesa na União Europeia.

Duarte Cordeiro 3Em 2008 candidatou-se também à liderança da Juventude Socialista, tendo sucedido a Pedro Nuno Santos, outro dos jovens apoiantes de António Costa, num congresso realizado no Porto, e onde entre outros, defendia “um reforço dos estágios, a implementação de um preço limite para os mestrados e na redução das desigualdades”, defendendo também uma “maior aproximação da JS aos jovens”. Na altura, à imprensa, Duarte Cordeiro alegou como motivo para a sua saída do IPJ o facto de ser “um cargo incompatível com a liderança da Juventude Socialista”.

Hugo Costa, um dos elementos da liderança de Duarte Cordeiro, disse ao Panorama que “o Duarte foi a pessoa mais importante” do seu percurso na JS Nacional. “Tenho dele a imagem de um líder de proximidade e que uniu a estrutura da JS”.

Hugo Costa, que seria posteriormente líder da distrital de Santarém da JS, não tem dúvidas ao afirmar que Duarte Cordeiro será “um líder que marcará a História da JS, tendo sido o secretário-geral que venceu batalhas como a obrigatoriedade dos Conselhos Municipais da Juventude e do Casamento Civil entre Pessoas do Mesmo Sexo”.

Na liderança da Duarte Cordeiro na JS, integravam o Secretariado Nacional da estrutura aquele que viria a ser o próximo presidente, Pedro Delgado Alves e o actual líder, João Torres, bem como o actual Secretário Geral Adjunto, Diogo Leão. Tiago Barbosa Ribeiro, actual presidente da concelhia do PS do Porto integrava também a estrutura de Duarte Cordeiro.

Duarte Cordeiro

Da Juventude Socialista para o PS

E se do Secretariado Nacional da JS em 2008, Tiago Barbosa Ribeiro lidera actualmente a concelhia do PS do Porto, Hugo Costa a de Tomar e Rui Duarte a de Coimbra, é o próprio Duarte Cordeiro que lidera a estrutura concelhia de Lisboa. Eleito em Dezembro de 2013, já vereador de António Costa, Duarte Cordeiro prometeu “aproximar o partido da sociedade civil, nomeadamente associações de moradores, sindicais e empresariais, mas também movimentos cívicos e sociais”.

Antes de assumir um papel de relevo em Lisboa, Duarte Cordeiro foi deputado na Assembleia da República entre 2009 e 2013, tendo saído para a Câmara Municipal de Lisboa onde assumiu o papel de vereador dos serviços de proximidade, higiene e limpeza, passando agora para vice-presidente da autarquia lisboeta.

Com 36 anos, Duarte Cordeiro pode ser definido como o simbolo da “renovação geracional” que António Costa falou quando passou a “pasta” a Fernando Medina, 42 anos, na Câmara Municipal de Lisboa.

Hugo Costa, que integrou o Secretariado Nacional de Duarte Cordeiro, disse ao Panorama que “o Duarte tem uma profunda experiência política e capacidade técnica e com ele a proximidade e o diálogo são dominantes”, sendo categórico ao afirmar que “Lisboa tem um vice de grande qualidade”.

Duarte Cordeiro liderou ainda a campanha de Manuel Alegre em 2011 às presidenciais, bem como as de António Costa à autarquia da capital portuguesa.

Descomplicador:

Duarte Cordeiro é visto como um politico que procura a proximidade acima de tudo. No perfil do Panorama, o agora vice-presidente liderou a Juventude Socialista tendo consigo alguns dos líderes da actualidade politica do PS. Duarte Cordeiro fez quase toda a sua carreira ligada à temática da juventude.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Existem 3 comentários a este artigo
  1. Pingback: JS, PS Porto e PS Lisboa estão com Sampaio da Nóvoa - Panorama
  2. Pingback: Duarte Cordeiro substitui Ascenso Simões na direcção de campanha do PS - Panorama
  3. Pingback: Pedro Delgado Alves assume campanha de Sampaio da Nóvoa - Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *