Isabel Moreira sai em defesa de Sócrates após críticas de Carrilho

Manuel Maria Carrilho, em entrevista ao Diário de Notícias, afirmou que, caso José Sócrates seja condenado, António Costa deveria propor a expulsão do ex-primeiro ministro do Partido Socialista. Isabel Moreira, tal como outros membros do PS, vieram rapidamente em defesa de Sócrates.

carrilhoCarrilho, anterior ministro da cultura, afirma que o caso Sócrates trará consequências bastante negativas para o partido socialista nas próximas eleições; Diz ainda que “é preciso preparar a inevitável proposta de expulsão de José Sócrates”. Segundo o próprio, António Costa deve tomar a iniciativa porque “como número 2 de Sócrates, só se pode sentir traído”.

Isabel Moreira, na sua página de facebook, foi a cara da indignação de alguns dos membros do PS. A deputada socialista defende que “esta opinião arrotada não traz qualquer embaraço para o PS mas para quem a arrota”. A comentadora do programa Barca do Inferno recorda ainda o passado de Carrilho, dizendo que “nós no PS não brincamos à violência doméstica com os nossos militantes”.

Manuel Maria Carrilho já respondeu à deputada socialista: “Não sei quem é Isabel Moreira”, disse o antigo ministro da cultura.

O caso José Sócrates continua, assim, a originar bastantes divergências dentro do partido socialista. António Costa não teceu ainda qualquer comentário sob esta polémica, contudo, esta será certamente mais uma dor de cabeça para o secretário-geral do PS.

Descomplicador

 Manuel Maria Carrilho, em entrevista ao DN, defendeu a expulsão de José Sócrates do PS devido às acusações de que este é alvo. Isabel Moreira, na sua página de facebook, veio rapidamente em defesa do ex-primeiro-ministro afirmando “que nem um condenado perde direitos políticos”.

xksxja@pwrby.com'
Publicado por: Duarte Pereira da Silva

20 anos, natural de Lisboa mas "radicado" no Algarve desde cedo. Estudante de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social. Colabora com o site desportivo "Bola na Rede".

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *