Marinho e Pinto, o dinheiro da Europa e as iniciativas do PDR

Marinho e PintoAntónio Marinho e Pinto está envolvido numa nova polémica nesta sua estadia no Parlamento Europeu. O deputado eleito pelo Movimento Partido da Terra (MPT), mas que agora está envolvido na fundação do Partido Democrático Republicano (PDR) utilizou dinheiros europeus para promover actividades partidárias.

A situação foi denunciada por José Inácio Faria, o segundo euro-deputado eleito pelo MPT, que classificou como “inadmissível a utilização de verbas europeias para a promoção de iniciativas de carácter partidário”, nomeadamente num jantar com Marinho e Pinto, promovido enquanto actividade partidária do PDR, sobre “Aproximar a Europa dos cidadãos”.

Segundo José Inácio Faria o jantar-debate era promovido com o logótipo do PDR ao lado do logótipo do ALDE, a familia politica europeia que integra o MPT e agora Marinho e Pinto enquanto independente, segundo o jornal Expresso.

O euro-deputado do Partido da Terra enviou já um pedido de esclarecimento sobre a legalidade deste processo ao presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz e ao ALDE, alegando que “as regras de financiamento destas iniciativas são claras e proíbem qualquer utilização em eventos de natureza partidária ou de campanha eleitoral”, e segundo o mesmo jornal, no jantar existiram diversas bandeiras do PDR e fichas de inscrição de militantes.

No entanto, o porta-voz do ALDE diz que não há qualquer problema tendo em conta que o euro-deputado Marinho e Pinto integra esta família politica, pertencendo ou não ao MPT. Marinho e Pinto acusa o MPT e José Inácio Faria de “pequenez e incapacidade de iniciativa politica”, dizendo que “não foi o MPT que me elegeu, fui eu que fui eleito para o PE”.

Descomplicador:

O MPT acusa Marinho e Pinto de utilização indevida de fundos europeus para iniciativas partidárias, já o euro-deputado que agora fundou o PDR diz que o partido pelo qual foi originalmente eleito sofre de “pequenez e incapacidade politica”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *