Negociações entre a Grécia e o Eurogrupo ainda sem fumo branco

As negociações entre a Grécia e os restantes países da zona Euro não têm sido fáceis. Embora o Ministro das Finanças grego afirme que cada vez há mais convergência, muitos são os relatos e os avisos à Grécia de que a incerteza sobre um acordo se adensa. Nesta sexta-feira, o presidente o Eurogrupo, Jeroen Dijsslelbloem, afirmou em conferência de imprensa que a reunião entre os países da Zona Euro foi “uma discussão muito crítica”.

varoufakisA intenção da Grécia nas negociações é a de que os países aceitem uma entrega parcial do empréstimo concedido ao país helénico em troca de um plano de reformas mais curto. No entanto, a proposta não agrada aos membros do Eurogrupo. Talvez por isso Jeroen Dijsslelbloem tenha dito que a possibilidade de chegar a um acordo ainda está bastante distante.

A semana do Eurogrupo ficou especialmente marcada pela preocupação em relação ao caso grego. Muitos foram os ministros da Zona Euro que disseram temer pelo acordo e por uma possível saída da Grécia da Zona Euro (conhecido como Grexit). A opinião parece ser unânime entre os representantes dos países no Eurogrupo: a saída da Grécia do euro seria má para a Grécia, mas também para a Zona Euro.

A preocupação também chegou aos Estados Unidos que fizeram pressão sobre os gregos para que a Grécia colaborasse num acordo. Barack Obama disse mesmo que a Grécia se deve ajudar a si própria.

Tudo isto acontece numa altura em que as autarquias gregas se viram obrigadas a devolver fundos ao estado e em que a banca grega está a perder activos que servem de garantia nos empréstimos aos bancos centrais.

Descomplicador:

O que está em causa no acordo é a incapacidade da Grécia em cumprir as metas que lhe foram impostas na altura do acordo de financiamento. O Eurogrupo e a Grécia estão a estudar alternativas, mas não conseguem chegar a acordo sobre qual a melhor estratégia para a Grécia conseguir pagar o dinheiro que lhe foi emprestado.

xusvgz@vomoto.com'
Publicado por: Francisco Mendes

22 anos, natural de Moura, no Alentejo. Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Foi Director de Programas e Director-Geral da ESCS FM em 2011/2012 e 2012/2013 e é actualmente Director de Correcção Linguística da ESCS MAGAZINE

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *