JSD exige mudança no Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo

Juventude Social Democrata JSDA Juventude Social Democrata pede um maior apoio social aos estudantes do ensino superior, reclamando assim uma alteração no Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo. Em nota divulgada à imprensa, a JSD diz que “o acesso à Educação e em particular ao ensino superior não pode, em caso algum, estar dependente da capacidade económica dos jovens portugueses”.

A estrutura de juventude do Partido Social Democrata afirma que  “ainda que o país atravesse, como atravessa, um momento de dificuldade, a JSD reconhece que as bolsas de estudo do ensino superior são o maior (e por vezes único) apoio que as famílias carenciadas têm para proporcionar aos filhos o acesso ao mais confiável mecanismo de ascensão social, a formação superior”, reclamando assim uma igualdade de condições para todos os que querem e podem prosseguir estudos.

Ensino SuperiorA Juventude Social Democrata defende mesmo que “a qualificação dos portugueses é, a par do equilíbrio das contas públicas, o maior desafio que se coloca a Portugal”, tendo assim debatido esta questão com o  Secretário de Estado do Ensino Superior, numa reunião que disse ter sido “franca e aberta, na qual José Ferreira Gomes manifestou preocupação e total empenho na procura de soluções definitivas para os temas debatidos”.

Na nota divulgada à imprensa, a Juventude Social Democrata lança ainda uma “farpa” à Juventude Socialista, que acusa de ser uma “mera agência publicitária do PS, fazendo “caça ao voto” nas universidades”, enquanto “a JSD cumpre o seu papel de defender sempre os jovens portugueses, indicando caminhos de mudança, muitas vezes sendo farol do seu partido“.

A estrutura liderada por Simão Ribeiro pede assim a Pedro Passos Coelho que “amplie o número de estudantes abrangidos pelo sistema de acção social, através do aumento do limiar de elegibilidade de 14 vezes o IAS para 16 vezes este indexante, ou seja em cerca de 840€, bem como a capitalização do Fundo de Acção Social necessária para a realização desta alteração”, afirmando assim que com “este aumento mais jovens sejam abrangidos pelo sistema de acção social que hoje vêem essa sua pretensão recusada”.

Descomplicador:

A Juventude Social Democrata reuniu com o Secretário de Estado do Ensino Superior para pedir uma alteração do Regulamento de Atribuição de Bolsas de Acção Social. A JSD defende o aumento do limiar de eligibilidade que permite assim abranger mais jovens e deixa ainda criticas à Juventude Socialista.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *