Henrique Neto assume papel activo durante as legislativas

O candidato presidencial Henrique Neto assumiu em conferência de imprensa que não vai deixar que as presidenciais fiquem na sombra até estar concluído todo o processo das legislativas deste ano. O candidato assumiu uma postura activa durante os meses de campanha dedicados às eleições legislativas.

Henrique NetoHenrique Neto defende que esta tentativa de fazer com que as presidenciais só se discutam após as legislativas pertence a uma “tese óbvia que é colocar os portugueses, mais uma vez, reféns de interesses e estratégias  particulares, pessoais ou partidárias”, afirmando que “lá para fins de Outubro, ou mesmo início de Novembro, se o tema das presidenciais só então fosse colocado, isso significaria que apenas candidatos muito bem colocados em termos mediáticos  e preparados para serem cooptados  pelas nomenclaturas partidárias, estariam nessa altura em condições de se apresentarem como candidatos”.

Ainda assim, Henrique Neto mostra-se contente por ter transformado um tema que os partidos não queriam que fosse protagonista “num tema central da vida política nacional”, acrescentando que “não admira, por isso, que sinta,  por todo o lado onde me desloco, uma expectativa típica dos momentos em que o horizonte de possibilidades se alarga”.

Henrique Neto vai assim dar inicio a um conjunto de debates e de iniciativas por todo o país, bem como continuará a levar a cabo um conjunto de audiências com partidos e outras instituições da sociedade portuguesa. Henrique Neto aproveitou ainda para fazer um balanço dos encontros com os partidos com assento parlamentar destacando o facto de “com  excepção do CDS/PP, fui recebido por todos os  partidos com assento parlamentar, com a maior cordialidade”, mas dizendo que “não ouvi de ninguém nada de novo, pelo que o meu diagnóstico sobre os bloqueios do nosso sistema político se mantêm integralmente, tal como como o enunciei na  apresentação da minha candidatura  em 25 de Março”.

O candidato presidencial diz que vai colocar questões aos partidos ao longo da campanha para as legislativas, afirmando que “pela minha parte,  a campanha para as presidenciais vai cruzar-se de forma incontornável mas natural com as eleições legislativas”.

Descomplicador:

Henrique Neto fez um balanço dos encontros com os partidos com assento parlamentar, onde foi recebido por todos à excepção do CDS. O candidato presidencial afirma ainda que vai assumir uma postura activa durante a campanha para as legislativas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *