JS e JSD apoiam legalização da prostituição. Bloco dá o tiro de partida

JS JSDJuventude Socialista e Juventude Social Democrata parecem estar de acordo no que toca à necessidade da legalização da prostituição. Ainda assim, o tiro de partida deverá ser dado pelo Bloco de Esquerda que ao que tudo indica será o primeiro a avançar com uma proposta legislativa.

José Soeiro do Bloco de Esquerda disse ao jornal i que vai integrar esta proposta pela primeira vez no programa eleitoral do Bloco, garantindo que o partido tem estado em contacto com as principais redes de contacto do sector. Esta questão tem-se mantido à margem da legislação um pouco por toda a Europa, a funcionar em semelhança com o tráfico de droga, na economia paralela.

Pela Juventude Socialista, João Torres, secretário-geral da estrutura, disse também ao i que “não pode haver trabalhadores à margem da protecção social. Eu conheço pessoas para quem o sexo é trabalho e, sendo trabalho, tem de haver direitos sociais”, acrescentando ainda que “a prostituição é uma actividade como outra qualquer”. Do lado da JS está a deputada socialista Isabel Moreira, que diz estar ao lado dos “jotas”, deixando no ar a pergunta de que “não seria mais coerente os trabalhadores do sexo terem um contrato de trabalho comum, com descontos e impostos? Não seria melhor minorar as agressões por que esta gente passa numa zona em que o direito vira as costas e deixa andar?”.

Do lado da Juventude Social Democrata, Cristóvão Simão Ribeiro esclarece que apresentou já duas moções politicas neste sentido, e que não irá concluir o seu mandato sem levantar esta questão, admitindo no entanto que para já este tema tem estado fora da agenda politica da JSD. O também deputado social-democrata diz ainda que é “tendencialmente a favor da legalização por uma questão de saúde pública e de dignidade humana”, mas defendendo primeiro um debate “profundo e alargado”.

Descomplicador:

JS e JSD parecem estar de acordo no que toca à legalização da prostituição. Ainda assim o Bloco de Esquerda deve ser o primeiro a avançar com uma proposta neste sentido, garantindo a integração deste tema no programa eleitoral do partido.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *