Nós, Cidadãos! quer ser “case study” e apresenta listas em Julho

O Nós, Cidadãos! é o mais recente partido politico legalizado em Portugal pelo Tribunal Constitucional. Ao Panorama, Mendo Henriques, que lidera a estrutura, diz que o partido “pode ser um case study no aproveitamento dos meios digitais” e remete para o final de Julho a apresentação das listas às próximas legislativas, mas mostrando intenção de concorrer a todos os círculos.

Nós Cidadãos

O partido cuja cara é o professor universitário Mendo Henriques, tem também na equipa fundadora Pedro Quartin Graça, ex-MPT e ainda o cantor José Cid e o juiz e ex-candidato à presidência do Benfica, Rui Rangel. O Nós, Cidadãos! começou por se destacar na internet, e ao Panorama, Mendo Henriques diz mesmo que “o Nós, Cidadãos! poderá vir a ser um case study na utilização dos meios digitais de participação política, dada a imagem que projecta de alternativa aos partidos do arco do poder”.

Mendo Henriques diz ainda que esta participação online conseguiu já materializar-se “na inscrição de cerca de 400  filiados e apoiantes em todo o país”. O partido vai concorrer às legislativas deste ano e anunciou já que as listas serão apresentadas no final de Julho após a marcação do primeiro congresso do partido e de “forma atempada a participar na campanha para as legislativas”.

Mendo HenriquesHoje num encontro promovido pelo recém-criado partido, Mendo Henriques disse à Agência Lusa que o Nós, Cidadãos! vai apresentar o mais jovem candidato a deputado, “com apenas 18 anos”, num partido que designa ainda como sendo do centro, do ponto de vista “formal da designação dos partidos em Portugal”.

Questionado pelo Panorama se ponderava apostar também em eleições primárias, Mendo Henriques disse que “nesta fase , apenas partidos com máquinas muito grandes, como o PS, ou muito experientes, como o Livre, têm condições para realizar primárias”, acrescentando que no caso do Nós o que vai acontecer é que as suas “listas sejam uma emanação das suas bases e não uma imposição de aparelhos”.

O Nós, Cidadãos! admite ainda estar mais forte nas regiões de Lisboa, Porto e Açores, mas também em Setúbal e Braga, mas irá apresentar-se a eleições em todos os círculos eleitorais.

Descomplicador:

O Nós, Cidadãos! foi legalizado como partido e Mendo Henriques diz em declarações ao Panorama que a estrutura “se pode tornar um case study na utilização de meios digitais”, revelando ainda que vai apresentar listas em todos os círculos eleitorais.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Há 1 comentário neste artigo
  1. Pingback: Ponto de situação: Partidos preparam listas para deputados - Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *