“Se a Grécia sair ficam 18 países”

Cavaco SilvaA frase é de Cavaco Silva à margem do roteiro para a Economia Dinâmica, que decorreu hoje em Paços de Ferreira. O Presidente da Republica disse “esperar que a Grécia não saia, mas se sair ficam 18 países”, referindo ainda que o problema de contágio não é exclusivo de Portugal.

Cavaco Silva disse “não esperar que o euro vá fracassar, é uma ilusão que se diz”, mas acrescentou que caso a Grécia venha mesmo a sair da Zona Euro “ficam ainda 18 países” mas acreditando que “a Zona Euro vá sobreviver com a mesma força do passado”. Cavaco Silva diz no entanto esperar que a Grécia volte a mesa de negociações afirmando que tal atitude será a mais benéfica para toda a Europa.

O Presidente da Republica português acredita ainda que o problema da Grécia não afecte o crescimento português, assim como também não acredita que o perigo de contágio seja exclusivo de Portugal, dizendo que “algum contágio ocorrerá a toda a zona do Euro, não apenas a Portugal, mas neste momento a União Monetária tem instrumentos que permitem enfrentar um incidente financeiro grego muito melhor do que aquilo que aconteceria há dois anos“.

Cavaco Silva acrescentou ainda que “há tempos atrás os países bálticos tudo fizeram para entrar no Euro” reforçando que a moeda única continua a ser a melhor opção para os países que integram a União Europeia. Apesar de gostar que a Grécia e as instituições europeias chegassem a um acordo, Cavaco Silva fez questão de salientar que “gostar é uma coisa, acreditar é outra”.

Descomplicador:

Cavaco Silva disse “não esperar que o euro vá fracassar, é uma ilusão que se diz”, mas acrescentou que caso a Grécia venha mesmo a sair da Zona Euro “ficam ainda 18 países”. Ainda assim o Presidente da Republica diz acreditar que  “a Zona Euro vá sobreviver com a mesma força do passado”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *