“Eusébio foi o primeiro sabor cosmopolita”

Cavaco Silva e Assunção Esteves (Foto: Presidência da República)

Cavaco Silva e Assunção Esteves (Foto: Presidência da República)

Este foi um dos elogios de Assunção Esteves, presidente da Assembleia da Republica na cerimónia de trasladação de Eusébio para o Panteão Nacional. Antes da entrada da urna do goleador português, Cavaco Silva falou também da importância do capitão da selecção nacional.

Ambos destacaram a unanimidade com a qual foi aprovada a trasladação de Eusébio para o Panteão, com aprovação de todos os deputados e grupos parlamentares. Assunção Esteves disse que “Eusébio mostrou como podemos ser heróis nas coisas que fazemos”, destacando a sua importância para o país num “regime político injusto e triste: que o venerava sem venerar a sua origem, que o levava ao mundo, mas se fechava ao mundo”, acrescentando que “um país à espera de justiça, ele era a imagem de uma fraternidade universal, que um dia há de valer entre todos e em todos os lugares. No próprio destino em que se cumpriu, Eusébio antecipou a regra do mundo”.

A presidente da Assembleia da Republica portuguesa afirmou ainda que “Eusébio sabia como fazer as coisas e ser todo inteiro”, acrescentando que “quanto mais os seres humanos se transcendem, quanto mais se aproximam de um patamar, por assim dizer, divino, mais intensa é a sua humanidade”.

“Eusébio encarava com surpreendente humildade a grandeza do seu génio”

Já Aníbal Cavaco Silva, Presidente da Republica voltou a recordar como Eusébio foi “uma das pessoas mais cativantes que conheci em toda a minha vida”, destacando o facto de ter estado “sempre acima, muito acima, das querelas e das controvérsias que marcam o nosso quotidiano. A admiração que temos pela sua personalidade invulgar é partilhada por todos os Portugueses, sendo transversal a divisões ideológicas ou simpatias clubísticas”.

Nas palavras de Cavaco Silva, “Eusébio é património de todos” acrescentando que “a simplicidade natural dos que são verdadeiramente grandes, que nada precisam de mostrar e exibir, porque têm a consciência serena do seu valor e da sua grandeza”.

Descomplicador:

Cavaco Silva e Assunção Esteves discursaram na cerimónia de trasladação de Eusébio para o Panteão Nacional. Ambas as figuras de estado destacaram a unanimidade com que a trasladação de Eusébio foi aprovada pelo Parlamento.

 

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *