ÚLTIMA HORA: Morreu Maria Barroso

Maria Barroso faleceu hoje aos 90 anos. A antiga primeira-dama portuguesa deu entrada no hospital na madrugada de sexta-feira dia 26 de Junho após sofrer uma queda aparatosa em sua casa.

À chegada ao hospital apresentava uma ferida no couro cabeludo e depois dos primeiros exames a equipa médica estava confiante na recuperação de Maria Barroso, mas o estado de saúde da mulher de Mário Soares foi-se agravando. Maria Barroso esteve em coma até hoje, acabando por não resistir a uma hemorragia intracraniana muito grave.

Maria de Jesus Simões Barroso Soares casou com Mário Soares quando o ex-Presidente da República se encontrava detido por motivos políticos a 22 de Fevereiro de 1949.

maria barrosoA sua actividade profissional começou pelo teatro, enquanto actriz. Mais tarde tornou-se professora mas foi impedida de leccionar, ficando limitada à direcção do Colégio Moderno, fundado pelo seu sogro. Durante o Estado Novo lutou pela liberdade de opinião e de expressão e a instauração de um regime democrático em Portugal. Foi assim que, em 1969, foi candidata a deputada pela Oposição Democrática. Anos mais tarde, chegou mesmo a ser eleita deputada pelos círculos de Santarém,  Porto e Algarve em 1976, 1979, 1980 e em 1983.

Foi primeira-dama de Portugal entre 1986 e 1996, preocupando-se sobretudo com questões humanitárias e sociais. Já depois deixar o cargo de primeira-dama dirigiu a Cruz Vermelha Portuguesa entre 1997 e 2003.

Em 1994 fundou a ONGD (Organização Não Governamental para o Desenvolvimento) Pro Dignitate, que se define como sendo uma instituição que se bate pela “prevenção da violência e pela promoção dos direitos humanos”.

Descomplicador:

Maria Barroso faleceu hoje aos 90 anos após sofrer uma queda aparatosa em casa na madrugada de dia 26 de Junho. A antiga primeira dama teve um percurso marcado pela actividade política desde o início, mesmo enquanto actriz, até ao fim enquanto primeira dama e mais tarde como fundadora e directora da Associação Pro Dignitate.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *