ÚLTIMA HORA: Morreu Maria Barroso

Maria Barroso faleceu hoje aos 90 anos. A antiga primeira-dama portuguesa deu entrada no hospital na madrugada de sexta-feira dia 26 de Junho após sofrer uma queda aparatosa em sua casa.

À chegada ao hospital apresentava uma ferida no couro cabeludo e depois dos primeiros exames a equipa médica estava confiante na recuperação de Maria Barroso, mas o estado de saúde da mulher de Mário Soares foi-se agravando. Maria Barroso esteve em coma até hoje, acabando por não resistir a uma hemorragia intracraniana muito grave.

Maria de Jesus Simões Barroso Soares casou com Mário Soares quando o ex-Presidente da República se encontrava detido por motivos políticos a 22 de Fevereiro de 1949.

maria barrosoA sua actividade profissional começou pelo teatro, enquanto actriz. Mais tarde tornou-se professora mas foi impedida de leccionar, ficando limitada à direcção do Colégio Moderno, fundado pelo seu sogro. Durante o Estado Novo lutou pela liberdade de opinião e de expressão e a instauração de um regime democrático em Portugal. Foi assim que, em 1969, foi candidata a deputada pela Oposição Democrática. Anos mais tarde, chegou mesmo a ser eleita deputada pelos círculos de Santarém,  Porto e Algarve em 1976, 1979, 1980 e em 1983.

Foi primeira-dama de Portugal entre 1986 e 1996, preocupando-se sobretudo com questões humanitárias e sociais. Já depois deixar o cargo de primeira-dama dirigiu a Cruz Vermelha Portuguesa entre 1997 e 2003.

Em 1994 fundou a ONGD (Organização Não Governamental para o Desenvolvimento) Pro Dignitate, que se define como sendo uma instituição que se bate pela “prevenção da violência e pela promoção dos direitos humanos”.

Descomplicador:

Maria Barroso faleceu hoje aos 90 anos após sofrer uma queda aparatosa em casa na madrugada de dia 26 de Junho. A antiga primeira dama teve um percurso marcado pela actividade política desde o início, mesmo enquanto actriz, até ao fim enquanto primeira dama e mais tarde como fundadora e directora da Associação Pro Dignitate.

Publicado por: José Pedro Mozos

22 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Socia e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Foi comentador num programa da rádio da sua faculdade sobre actualidade política; editor de música da ESCS Magazine e escreveu para o site Bola na Rede. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, é jornalista na SIC Notícias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *