Depois dos 7 pecados do PSD, as 10 pragas do PS

Ferro RodriguesPedro Passos Coelho respondeu hoje a Ferro Rodrigues, após o lançamento por parte do Partido Socialista das “sete pragas do PSD”, respondendo agora que iria apontar “outra imagem bíblica, as dez pragas do Partido Socialista”, onde relembrou o estado do país na fase final de governação de José Sócrates.

Nos “sete pecados capitais” apontados ao PSD, António Costa apontou as “mentiras eleitorais”, entre elas “não subir impostos, não cortar nas pensões e salários, o desemprego, precariedade e emigração, a asfixia da classe média, o brutal aumento dos impostos, aumento da pobreza e desigualdades, o ataque aos serviços públicos e a quebra de mais de 25% do investimento público e privado”.

Hoje no debate de encerramento da legislatura, o Estado da Nação, Pedro Passos Coelho respondeu a Ferro Rodrigues com “as dez pragas do Partido Socialista”. O líder do Governo apontou então “obras faraónicas, como o TGV e as PPP, programas de estabilidade e crescimento que trouxeram aumento de impostos e cortes de salários na Função Pública, uma desigualdade maior que em toda a UE, défices orçamentais volumosos e ruinosos, (mais de 10% em 2011), défices externos preocupantes que rondaram 10% em média, o completo desgoverno do sector empresarial do Estado, que acumulava dívida operacional e financeira, a nacionalização do BPN, o défice tarifário na electricidade, o endividamento galopante, mais de 20pp, com expulsão de Portugal dos mercados e pedido de resgate, e a décima praga: um desemprego estrutural acima de 10%”.

O líder parlamentar do Partido Socialista, Ferro Rodrigues foi quem abriu o debate com o Primeiro Ministro e Pedro Passos Coelho vinha com a “lição estudada” para responder às acusações que tinham sido já avançadas na Quarta-Feira por António Costa em conferência de imprensa.

Ferro Rodrigues respondeu a Passos Coelho acusando o Primeiro Ministro de fazer “propaganda com uma base irrealista” e citou uma série de títulos dos últimos dias que davam conta de alguns recuos na economia e nas condições de vida.

Descomplicador:

Depois de António Costa ter apontado os “sete pecados capitais do PSD”, Passos Coelho respondeu hoje no debate do Estado da Nação apontando as “dez pragas do PS”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *