EUA e Irão: 12 anos depois, acordo nuclear chega

Esta manhã, Irão e os países 5+1 (Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Rússia e China) chegaram finalmente a acordo sobre o programa nuclear iraniano, após 12 anos de obstáculos a um entendimento.  O teor do acordo visa implementar uma visa de inspetores das Nações Unidas a instalações militares e uma limitação da atividade do Irão no setor nuclear, em troca da redução de sanções que têm sido aplicadas ao país e aos seus negócios na exportação de petróleo. Estas medidas devem ser postas em prática a partir do início do próximo ano.

Segundo a Reuters, foi após 20 meses de negociação que os representantes dos sete países se encontraram esta madrugada, à uma hora da manhã, para concluir o extenso acordo.

As reações

hassani

O presidente Iraniano, Hasan Rohani, já reagiu oficialmente à conclusão do documento, a que chamou um “bom acordo” que é resultado de um trabalho construtivo” e coloca fim a uma “crise desnecessária”. Já o primeiro-ministro israelita, Bejamin Netanyahu, afirmou que o acordo, na sua perspetiva, é um “erro de proporções históricas”, pois acredita que o regime iraniano vai continuar a poder espalhar o terror.

Barack Obama falou ao seu país, congratulando-se por um acordo que vai trazer mais “segurança” – tanto aos EUA como ao resto do mundo. O chefe de Estado norteamericano afirmou que “os EUA, juntos com os parceiros internacionais, alcançaram algo que durante décadas de animosidade não conseguiu – um acordo abrangente e de longo prazo com o Irão que irá prevenir o país de obter uma arma nuclear”. Obama salientou que nem todas as diferenças com o Irão foram superadas, mas que este acordo constitui “um primeiro passo”.

Barack Obama deixou claro que irá impedir qualquer tentativa do Congresso de evitar a implementação do acordo, mas avisou ainda que também não deixará passar em claro violações do acordo por parte de Teerão – condição que está prevista no acordo, que estabelece que nesse caso as sanções serão reestabelecidas durante um período de 65 dias.

Descomplicador:

Após 12 anos de tentativas, EUA e o restante grupo de países 5+1 e o Irão chegaram finalmente a um acordo sobre armas nucleares que, para Obama, traz segurança aos EUA e ao resto do mundo.

 

Publicado por: Mariana Lima Cunha

21 anos, natural de Oeiras. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós-graduada em Comunicação e Marketing Político pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas. Jornalista online do Expresso

Há 1 comentário neste artigo
  1. Pingback: O balanço do mandato de Obama até hoje - Panorama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *