Presidenciais: Afinal, Costa quer Maria de Belém na Santa Casa

António Costa vai querer Maria de Belém como provedora da Santa Casa da Misericórdia se ganhar as próximas eleições legislativas, segundo avança o Observadomaria de belemr. Após ter sido mostrado apoio de linhas da frente do Partido Socialista em eventos da candidatura de Sampaio da Nóvoa e as notícias de que afinal o PS apoiaria uma candidatura de Maria de Belém, surge agora a informação de que a deputada poderá suceder a Santana Lopes na Santa Casa, o que deixa o caminho para um apoio oficial ao antigo reitor da Universidade de Lisboa aberto.

Maria de Belém já foi vice-provedora da Santa Casa da Misericórdia de 1988 a 1992, quando o padre Vítor Melícias ocupava o cargo a que a socialista poderá agora ascender. Após António Costa ter dito recentemente que revelará apoios a seu tempo, o Partido Socialista acelera agora no sentido de tornar a sua candidatura oficial, provavelmente até ao fim deste mês ou até à reunião da Comissão Política, a 21 de julho. O presidente do PS, Carlos César, encontrou-se há dias com Sampaio da Nóvoa, começando assim a apontar o caminho mais provável para os socialistas e evitando a dispersão de candidatos quando o foco são ainda as eleições legislativas. A comissão de candidatura do académico envolve já grandes nomes do PS como os ex-presidentes Mário Soares e Jorge Sampaio.

O mandato de Pedro Santana Lopes ainda está a decorrer e termina somente em 2017, mas o governo em funções poderá substituí-lo. No entanto, este será um aspeto controverso por 2017 ser ano de eleições autárquicas e portanto uma substituição dar espaço a Santana Lopes para uma possível candidatura.

Descomplicador:

O PS mostra agora vontade de dar a Maria de Belém o cargo de provedora da Santa Casa da Misericórdia, aproximando-se assim crescentemente de um eventual apoio à candidatura de Sampaio da Nóvoa a Belém.

Publicado por: Mariana Lima Cunha

21 anos, natural de Oeiras. Licenciada em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós-graduada em Comunicação e Marketing Político pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas. Jornalista online do Expresso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *