Associações académicas pedem Ministério do Ensino Superior

Assembleia da Republica ParlamentoAs associações académicas pediram na mais recente reunião com a Comissão de Educação, Ciência e Cultura a reabertura do Ministério do Ensino Superior e Ciência, alegando que o actual Ministério da Educação não é suficiente para implementar as reformas necessários no sector. As associações académicas apresentaram o “Programa de Governo do Movimento Associativo Estudantil para a XIII Legislatura”.

As associações académicas tinham já feito chegar este programa ao Presidente da Republica e agora entregaram o documento aos deputados que constituem a Comissão de Educação da Assembleia da Republica, pedindo assim a reactivação do Ministério do Ensino Superior e Ciência ao invés do actual Ministério da Educação e Ciência que abrange os níveis de ensino desde o básico até ao ensino superior.

Daniel Monteiro, presidente da Federação Nacional dos Estudantes do Ensino Superior Politécnico, disse à Agência Lusa no final da reunião que “tal como está, faz com que muitas das reformas que se exigem ao Superior sejam relegadas para segundo plano, porque o ministério é muito complexo e tem áreas muito distintas”.

Entre os pedidos feitos à Comissão de Educação está também a alteração na forma de atribuição dos subsídios de Acção Social. As associações académicas vão também apresentar este programa aos partidos candidatos às eleições legislativas de Outubro, garantiu Daniel Freitas, presidente da Federação Académica do Porto e colaborador do Panorama.

Descomplicador:

As associações académicas estiveram reunidas com a Comissão de Educação, Cultura e Ciência para pedirem a reactivação do Ministério do Ensino Superior e Ciência pondo assim fim ao actual formato do Ministério da Educação e Ciência.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *