Francisco de Assis defende candidatura de Maria de Belém

As eleições presidenciais têm marcado a agenda política dos últimos tempos e prometem continuar a fazê-lo. À esquerda e à direita surgem diversos nomes que vão reunindo simpatias de parte a parte. A lista de potenciais candidatos vai aumentando, mas nem todos se chegam à frente com uma candidatura. Assim, a indefinição continua e os partidos com representação parlamentar ainda não manifestaram qualquer apoio a nenhum candidato.

O nome mais recente que tem sido associado a uma eventual candidatura surgiu no seio do PS: Maria de Belém. E não são poucos aqueles que acham que seria a candidata ideal para representar o Partido Socialista na corrida a Belém. O apoio do PS a Sampaio da Nóvoa parece ser o cenário mais provável, mas não reúne consenso no interior do próprio partido. Apesar de o ex-reitor da Universidade de Lisboa ter recebido importantes apoios, como o dos três ex-Presidentes da República – Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio -, Sampaio da Nóvoa não tem convencido todo o espectro do PS.

maria de belemA ala mais esquerdista do partido socialista tem vindo a mostrar o seu agrado com esta candidatura. Há até algumas distritais importantes do próprio partido que já declararam apoio a Sampaio da Nóvoa, como é o caso do PS-Porto e do PS-Lisboa. Mas os militantes que se identificam mais com uma ideia de centro-esquerda não estão satisfeitos e procuram alternativas. É neste contexto que surge o nome de Maria de Belém, que nos últimos dias tem sido elogiada pela ala segurista do PS.

Os euro-deputados socialistas Francisco de Assis e Ana Gomes são dois dos nomes que se associariam a uma eventual candidatura de Maria de Belém à Presidência da República. Ana Gomes chegou mesmo a sugerir o nome da jurista de 66 anos numa reunião da Comissão Política do PS em Janeiro deste mesmo ano. Francisco de Assis afirmou, em declarações ao jornal digital Observador, que “vê com simpatia” uma hipotética candidatura de Maria de Belém, vaticinando ainda que não apoiará Sampaio da Nóvoa nem votará no ex-reitor caso o PS decida apoiá-lo.

Nas duas últimas semanas Maria de Belém tem vindo a receber diversos elogios mas nada tem dito sobre se avançará ou não para as presidenciais. O líder do partido, António Costa, aguarda com expectativa o desfecho deste tabu que se pode revelar um contratempo para estratégia delineada pelo partido.

Descomplicador:

As eleições presidenciais estão a pouco mais de meio ano de distância e os nomes associados a eventuais candidaturas não param de surgir. O nome de Maria de Belém tem sido associado ao PS nos últimos tempos e tem reunido alguns elogios que animam a jurista. A indefinição continua e o partido, que ao que tudo indicava iria apoiar Sampaio da Nóvoa, aguarda com expectativa o desmantelamento deste tabu.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *