BE apresenta lista de candidatos por Lisboa

O BE apresentou ontem à noite a lista de candidatos a deputados por Lisboa para as eleições legislativas deste ano. No cinema São Jorge, o Bloco de Esquerda conto com as intervenções da porta-voz do partido, Catarina Martins, assim como de Mariana Mortágua, a cabeça de lista, e de Pedro Filipe Soares, líder do grupo parlamentar e o número dois por Lisboa.

Mariana MortáguaMariana Mortágua fincou a importância de manter “um debate sério” destacando a necessidade de olhar para os interesses do país acima de quaisquer outros: “o caminho que propomos não passará por sermos uma colónia da ‘Goldman Sachs’, por sermos uma colónia do ministro das Finanças alemão, por sermos uma colónia da Comissão Europeia, por sermos uma colónia de qualquer interesse que não o do povo português”. A jovem economista, de 29 anos, afirmou ainda que o executivo de Passos Coelho foi eleito “com falsas promessas” e alerta para o facto de nesta fase voltar a fazer o mesmo devido a necessidade “de esconder a realidade”. A deputada bloquista garantiu ainda que os candidatos que compõem a lista do partido para o círculo da capital terem uma característica que os une: ” “a vontade de estar neste país” e a certeza de que Portugal “está a ser mal governado”.

Catarina Martins aproveitou para justificar a escolha de Mariana Mortágua para encabeçar a lista do Bloco de Esquerda: “não há ninguém que não saiba que nunca curvou a cabeça quando era preciso enfrentar o assalto dos mais poderosos ao país”, destacando a importância da deputada na Comissão de Inquérito do BES, mas também quando foi preciso “enfrentar o Governo do país”.

O líder do grupo parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, utilizou a sua intervenção para tecer críticas ao apelo ao voto útil, que apelidou de “chantagem” e classificou como sendo “simplesmente o mesmo disco riscado que já se ouviu vezes sem conta”. O deputado fez questão de salientar que nas legislativas se elegem deputados e não um Primeiro-Ministro, apesar de alguns partidos já terem “primárias para candidatos a primeiro-ministro”, sublinhando assim a ideia de não se votar para um governo mas sim para uma lista de representantes.

Na plateia estiveram presentes ex-dirigentes do partido, como Francisco Louçã e João Semedo. Lu´s Fazenda também fez questão de marcar presença nesta cerimónia.

Descomplicador:

O Bloco de Esuqerda apresentou ontem a lista de candidatos a deputados pelo círculo de Lisboa. Mariana Mortágua encabeça a lista e Pedro Filipe Soares é o número dois. Nas suas intervenções destacaram a importância de lutar pelos interesses de Portugal e alertaram para “a chantagem” do voto útil.

Publicado por: José Pedro Mozos

22 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Socia e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Foi comentador num programa da rádio da sua faculdade sobre actualidade política; editor de música da ESCS Magazine e escreveu para o site Bola na Rede. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, é jornalista na SIC Notícias.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *