FMI sai de Portugal oficialmente em Setembro

O Fundo Monetário Internacional vai deixar Portugal oficialmente em Setembro. A delegação permanente vai encerrar no final do mês de Setembro e o representante do FMI, Albert Jaegar, sairá de Portugal para regressar a Washington.

FMIO escritório permanente do Fundo Monetário Internacional vai encerrar definitivamente no final de Setembro, época que marca o fim do mandato de quatro anos de Albert Jaeger, represente do fundo em Portugal e que regressa assim a Washington, ultrapassado que está o programa de assistência financeira que durou três anos e a fase posterior de rescaldo e análise dos responsáveis do fundo.

O FMI entendeu não renovar o mandato de Jaeger e encerrar assim a representação oficial em Portugal. Os mandatos dos representantes do FMI são de três anos e o de Albert Jaeger tinha sido já aumentado num ano, terminando no final do mês de Setembro. O fim da missão permanente dá-se assim poucos dias antes das eleições legislativas marcadas para 4 de Outubro.

Ainda assim, o Fundo Monetário Internacional vai continuar a monitorizar a situação portuguesa, analisando os dados do Governo duas vezes por ano até que a maioria do empréstimo internacional seja reembolsado, com os responsáveis do fundo a deslocarem-se a Lisboa para análise dos relatórios nacionais.

Na última avaliação que fez em território nacional, o FMI alertou para a reversão das medidas do lado da receita, sugerindo que “receitas mais baixas do que o previsto ou um ajustamento insuficiente da despesa podem exigir o adiamento ou o cancelamento parcial da eliminação gradual da sobretaxa do IRS”, um dos objectivos do Governo PSD/CDS.

Descomplicador:

O Fundo Monetário Internacional vai encerrar a sua delegação permanente em Portugal no final do mês de Setembro com o fim do mandato de Albert Jaeger, responsável pela missão portuguesa. A missão encerra assim quatro anos depois do inicio, mantendo-se no entanto as revisões pontuais.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *