Portugal emitiu divida com juros negativos

Taxa de Juro Dívida PúblicaA Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) colocou hoje a leilão dívida pública através de bilhetes do tesouro, colocando essa dívida com taxas de juro negativas, apesar da procura ter reduzido face ao leilão de Julho. Depois das taxas de juro terem entrado em terreno negativo nos bilhetes a seis meses, entram agora também nos bilhetes que expiram em Novembro.

A agência que gere a dívida pública portuguesa levantou 1150 milhões de euros em bilhetes do tesouro, mais 150 milhões do que o esperado aquando do lançamento da operação. A operação realizada hoje registou taxas de juro de -0,013%, face aos 0,044% de 17 de Junho, o que corresponde a 400 milhões de euros obtidos.

Nos bilhetes do tesouro contabilizados a 11 meses, que expiram apenas no próximo ano, a taxa de juro também recuou dos 0,159% para os 0,021%. A procura em ambos os bilhetes de tesouro colocados à venda ficou abaixo da procura de Julho, apesar do estado ter arrecadado mais dinheiro.

Steven Santos, do Banco BIG, disse que este leilão de dívida que expira logo após as eleições legislativas de 4 de Outubro é sinal “da confiança do mercado na envolvente política nacional”, segundo o que divulgou o Diário Económico.

Já Filipe Silva do Banco Carregosa, revela que estas operações trazem benefícios para o país porque Portugal consegue assim “substituir dívida antiga com taxas mais elevadas por dívida nova com taxas mais baixas, com ganhos evidentes”.

Descomplicador:

Portugal colocou hoje à venda mais bilhetes do tesouro, conseguindo colocar no mercado dívida com taxas de juro negativas. Filipe Silva do Banco Carregosa, explica que Portugal consegue assim “substituir dívida antiga com taxas mais elevadas por dívida nova com taxas mais baixas”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *