Maria de Belém “pisca o olho” ao CDS

Maria de Belém, recém-anunciada candidata à Presidência da República e deputada do Partido Socialista, procurou ainda antes de anunciar a sua candidatura o apoio de dirigentes ligados ao CDS. A sua ligação à Igreja Católica foi um dos motivos que a levou a aproximar-se do partido liderado por Paulo Portas.

Maria de BelémNo entanto, o facto do CDS ter assinado com o Partido Social Democrata um acordo de coligação pré-eleitoral levou com que Maria de Belém se afastasse do partido centrista e perdesse aí uma hipotética base de apoio adicional. Maria de Belém e personalidades que têm estado envolvidas com a candidatura da ainda deputada socialista, contactaram dirigentes do CDS para aproximar ambas as partes.

A ideia da candidatura da também ex-Ministra da Saúde era mostrar ao CDS como Maria de Belém podia ser uma alternativa válida caso as relações entre o CDS e o PSD sofressem um afastamento, algo que acabou não só por se verificar, como por tomar um rumo inverso com a constituição da coligação Portugal à Frente.

Ainda assim, relata o jornal Expresso, Maria de Belém está a tentar chegar junto do eleitorado democrata-cristão através de duas figuras ligadas ao CDS: Bagão Félix, ex-Ministro das Finanças do Governo de Pedro Santana Lopes, outro potencial presidenciável e ainda de Filipe Anacoreta Correia, advogado que lidera do Movimento Alternativa e Responsabilidade, visto como a oposição interna de Paulo Portas, mas que agora integrou as listas da coligação em lugar elegível.

Descomplicador:

Maria de Belém tentou aproximar-se do CDS antes da coligação assinada com o Partido Social Democrata. A ligação da ainda deputada do PS à Igreja Católica foi aproveitada para uma aproximação ao eleitorado democrata-cristão. As tentativas mantém-se ainda através de Bagão Félix e Anacoreta Correia.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *