JS lidera top de militantes das “jotas”, ultrapassando a JSD

A Juventude Socialista é actualmente a “jota” com mais militantes em Portugal, ultrapassando a Juventude Social Democrata. Ao todo são 88 mil jovens que estão filiados nas estruturas jovens ligadas aos partidos, sendo o top três fechado com a Juventude Popular, afecta ao CDS.

Juventude Socialista JSA informação foi avançada hoje pelo Jornal de Noticias, dando conta que a Juventude Socialista, que representa o Partido Socialista, tem actualmente 34 mil militantes, face aos 25 mil militantes da Juventude Social Democrata, do PSD, situação que segundo Cristóvão Simão Ribeiro se deve “a uma actualização de militantes”. A JSD é a “jota” mais antiga em Portugal.

Já João Torres, actual Secretário-Geral da Juventude Socialista diz que estes números se devem a “um trabalho junto de uma população afectada por uma enorme instabilidade”. A Juventude Popular, ligada ao CDS e actualmente liderada por Miguel Pires da Silva conta com 16 mil inscritos.

Juventude Social Democrata JSDFora do pódio surgem ainda a Juventude Comunista Portuguesa, com sete mil militantes, a Ecolojovem, ligada ao Partido Ecologista Os Verdes, com 1800 militantes. O Bloco de Esquerda, que não tem uma estrutura de juventude autónoma conta no entanto com cerca de quatro mil jovens inscritos.

Ainda segundo o Jornal de Noticias, os locais onde as estruturas conseguem angariar mais militantes são junto das associações de estudantes e associações juvenis, mas também nas universidades portuguesas, onde “decorre a maioria das ações de esclarecimento, até porque aí há uma maior sensibilização dos jovens que querem começar a ter uma participação política“, segundo Duarte Alves, da direcção nacional da Juventude Comunista Portuguesa ao JN.

Descomplicador:

O Jornal de Noticias avançou os números de militantes das juventudes partidárias. A Juventude Socialista lidera a tabela com 34 mil militantes, deixando a Juventude Social Democrata em segundo com 24 mil e a Juventude Popular com 18 mil.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *