Campanha ganha novo fulgor. Coligação inicia “maratona”

Depois do debate entre António Costa e Pedro Passos Coelho, tanto a campanha do PS como a da coligação Portugal à Frente conquistou um novo fulgor. Do lado do PS as bases estão entusiasmadas e nas redes sociais e nas acções de rua nota-se o aumento de militantes socialistas. Já do lado da coligação a estratégia é agora para passar ao ataque com Passos Coelho e Portas a darem inicio à denominada “Maratona Portugal à Frente”.

Passos Coelho Portugal à FrenteSegundo o director de campanha, José Matos Rosa, a ideia é “fazer uma campanha olhos-nos-olhos”, levando assim Pedro Passos Coelho e Paulo Portas a percorrer todos os distritos do país por norma sempre juntos, sendo raros os dias em que terão agendas autónomas.

Passos Coelho tem estado a cumprir quase sempre agenda oficial do estado, mas vai iniciar agora a sua verdadeira campanha percorrendo os distritos de Portugal visitando hospitais, empresas, IPSS, entre outros. Os dois líderes partidários andaram sempre lado-a-lado à excepção de alguns momentos de campanha, nomeadamente no dia do debate radiofónico de Passos Coelho com António Costa.

No Sábado os lideres da coligação vão estar em Braga e depois no Porto, sendo que no Domingo está agendado um almoço com mulheres em Albergaria-a-Velha seguindo-se um encontro com a juventude no mesmo local. O Porto e Lisboa receberão atenção especial, sendo que no Porto o objectivo é segurar os bons números apontados pelos estudos de opinião.

Já o Partido Socialista parte agora com força renovada, segundo Luis Patrão, secretário de António Costa ao Observador. O debate foi bom para galvanizar as bases segundo a estrutura do Partido Socialista, com “a campanha a continuar sólida e na tentativa séria e empenhada de fazer um esclarecimento sobre o programa do PS e sobre aquilo que foram os quatro anos de governação de direita e de promessas falhadas”.

Descomplicador:

Passos Coelho e Paulo Portas vão dar inicio a uma “maratona” que vai percorrer todos os distritos do país, sendo que no lado do Partido Socialista as bases partem com entusiasmo renovado depois da vitória no frente-a-frente.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *