“Foi a privatização da ANA que permitiu a Costa reduzir a dívida”

Maria Luis AlbuquerqueMaria Luís Albuquerque, Ministra das Finanças e candidata pela coligação Portugal à Frente em Setúbal acusou hoje o líder do Partido Socialista, António Costa de ter “muita lata”. A Ministra das Finanças falou da redução da dívida da Câmara de Lisboa de que Costa tanto se orgulha dizendo que apenas se deve “à privatização da ANA, contra a qual António Costa já não foi contra”.

A candidata apontada pelo PSD esteve num jantar no Montijo com o nº1 do CDS, Nuno Magalhães, dizendo que “nunca ouvi o dr. António Costa, que é contra todas as privatizações, dizer que fosse contra a privatização da ANA. É que foi com a privatização da ANA que conseguiu diminuir a dívida da câmara. Falando em lata, acho que este é um excelente exemplo”.

A Ministra das Finanças explicou ainda que “a dívida pública só aumentou (e a da câmara de Lisboa diminuiu) porque é muito grande e temos de pagar juros muito altos”, acrescentando no entanto que “a maioria da dívida que temos hoje não foi contraída por este governo – estava era debaixo do tapete e apareceu. Mas nós queremos que apareça, queremos transparência”.

Descomplicador:

Maria Luís Albuquerque, Ministra das Finanças, acusou António Costa de ter “muita lata” por não ter sido contra a privatização da ANA tendo em conta que foi essa privatização que lhe permitiu reduzir a dívida da Câmara de Lisboa. Maria Luis esteve num jantar no Montijo com o nº1 do CDS, Nuno Magalhães.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *