Marcelo defendeu o voto na coligação por ser o “mais seguro”

O comentador e ex-Presidente do PSD, Marcelo Rebelo de Sousa esteve presente num jantar na Marinha Grande a apoiar a sua amiga Teresa Morais, cabeça-de-lista pelo distrito de Leiria. O hipotético candidato à Presidência da Republica defendeu subtilmente o voto na coligação Portugal à Frente por ser o “mais sensato e mais seguro”.

Marcelo Rebelo de SousaMarcelo Rebelo de Sousa deu a cara pela coligação PSD/CDS e admitiu que existem resultados à vista, “apesar dos custos”, mas que o comentador considerou inevitáveis. Apesar de procurar manter um tom de análise ao momento, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “entre uma proposta de bom senso, segurança e realismo e um cheque em branco naturalmente que é melhor a primeira via protagonizada por quem nos últimos quatro anos liderou um combate difícil”.

O ex-Presidente do Partido Social Democrata, que é apontado como candidato da direita à Presidência da Republica, disse ainda que “é mais seguro, mais sensato e mais ponderado para o futuro de Portugal”. Marcelo Rebelo de Sousa mostrou ainda preocupação com as condições de governabilidade do Partido Socialista, não fazendo esquecer que o PS “nunca estabeleceu acordos com o PCP e com o Bloco de Esquerda”.

Num terreno particularmente complicado para a direita, o jantar na Marinha Grande reuniu 250 pessoas, com a presença do mais popular comentador televisivo a contribuir, onde ainda teve tempo para dizer que “não vale a pena negar. Há coisas positivas que estão a acontecer”.

Descomplicador:

Marcelo Rebelo de Sousa esteve na Marinha Grande onde apelou subtilmente ao voto na coligação. O hipotético candidato presidencial, questionou ainda como conseguirá António Costa garantir condições de governabilidade após 4 de Outubro.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *