Paula Teixeira da Cruz: “O cimento e o PS dão-se muito bem”

A Ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, esteve presente na apresentação de candidatos da coligação Portugal à Frente (PSD/CDS) do distrito de Santarém, em Torres Novas. Paula Teixeira da Cruz falou dos “zigue-zagues” de António Costa, mas também dos méritos do Governo e dos portugueses ao longo dos últimos quatro anos.

Paula Teixeira da CruzUma das ministras mais polémica no Governo, disse que este “foi um mandato de sofrimento para os que o fizeram, assim como foi para os portugueses”, dizendo ainda que “a promiscuidade e não hesito em dizer: entre a política e a actividade económica, era verdade e está hoje à vista, acrescentando que estava tudo escondido e varrido para debaixo do tapete”.

A Ministra da Justiça lançou ainda um conjunto de ataques ao Partido Socialista e a António Costa, questionando como “é que alguém com os resultados da Câmara de Lisboa se pode propor a governar o país?”, lembrando que a coligação Portugal à Frente “não se deslumbra” e que “coragem é coisa que não abunda no PS”.

Paula Teixeira da Cruz deixou ainda em jeito de provocação que “sempre que há dinheiro lá voltam eles com as obras, realmente o cimento e o PS dão-se muito bem”.

Na apresentação da lista de candidatos, liderada por Teresa Leal Coelho e por Patrícia Fonseca de Oliveira (primeiro nome do CDS) discursou ainda a cabeça-de-lista que afirmou que “o PSD com o apoio do CDS está ligado a períodos de prosperidade e o PS a períodos de retrocesso”.

Descomplicador:

Paula Teixeira da Cruz, Ministra da Justiça, disse ontem em Santarém que “este foi um mandato de sofrimento para quem governou e para os portugueses”, lançando ainda criticas a António Costa, dizendo que “o cimento e o PS” têm uma excelente relação.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *