Perto de meio milhão de pessoas passou já o Mediterrâneo

473.887 pessoas atravessaram este ano o Mar Mediterrâneo com destino à Europa, um número que é já o dobro do registado o ano passado pela Organização Internacional das Migrações (OIM). 40% destas pessoas tinham como país de origem a Síria.

RefugiadosDa Síria chegaram 182 mil refugiados, quando no ano de 2014, os sírios que procuravam a Europa eram menos de 30% dos migrantes mundiais. Quanto aos países de entrada, a Grécia lidera o pódio, com 349.109 entradas, seguido pela Itália com 121.859 e a fechar o top3 dos países a Espanha, com “apenas” 2819 pessoas.

Os números divulgados pela Organização Internacional das Migrações pode não corresponder totalmente à verdade, tendo em conta que a realização de estatísticas no que concerne a números oficiais nem sempre é simples de obter. A OIM indica que o número de mortos nesta travessia é de 2812 pessoas, enquanto o Alto Comissariado para os Refugiados fala em números superiores às 2900 pessoas.

O porta-voz da Organização Internacional das Migrações indica que a diferença de dados se deve “ao facto de esta organização contabilizar apenas as mortes ocorridas no mar, não incluindo as pessoas mortas no continente, após a travessia do Mediterrâneo”. Joel Millman avança ainda que no mês de Setembro, o número de mortes está acima da média, com cerca de oito mortes diárias na travessia do Mar Mediterrâneo.

Descomplicador:

A Organização Internacional das Migrações avançou que este ano ultrapassaram já o Mar Mediterrâneo cerca de 473.887 pessoas, o dobro do registado durante todo o ano de 2014. O número de mortes difere entre as organizações mas estima-se que possa ser superior a 2900 pessoas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *