Syriza regressa a Janeiro mas sem Varoufakis

O Syriza ganhou. Os Gregos Independentes mantêm-se como parceiros de coligação de Alex Tsipras e podia assim dizer-se que tudo está igual à eleição de Janeiro menos o popular ministro Yanis Varoufakis, que desde há uns meses atrás se afastou do Syriza. A Unidade Popular, partido dos dissidentes, falhou ao não conseguir eleger um único deputado.

Alex Tsipras SyrizaAs sondagens após o fecho das urnas começavam por apontar uma vitória timida para o Syriza, no entanto à medida que a tarde/noite ia avançando, a vantagem do partido de Alex Tsipras ia-se dilatando, conseguindo assim ficar a seis deputados da maioria absoluta, com 30%, quando mais de 50% dos votos estavam já contados. A Nova Democracia, o grande concorrente do Syriza começou por querer reagir apenas após a contagem oficial, mas entretanto admitiu já a derrota com 28,15%.

Assim Alex Tsipras vai repetir a coligação com os Gregos Independentes, partido que vai eleger cerca de 10 deputados, o necessário para garantir essa maioria absoluta. Recorde-se ainda que o partido vencedor das eleições na Grécia recebe automaticamente mais 50 lugares no Parlamento.

Entretanto a Unidade Popular, partido formado com dissidentes do Syriza, entre eles o popular ex-Ministro das Finanças, Yanis Varoufakis.

Alex Tsipras falou já ao povo grego, dizendo que agora tem “um mandato para quatro anos” e que a “recuperação não vai chegar como que por magia, embora a Grécia esteja melhor daqui a quatro anos do que está agora”. Panos Kammenos, lider dos Gregos Independentes apareceu já com Alex Tsipras, tendo os dois líderes já reunido para começar a formar Governo.

O partido Aurora Dourada, neo-nazi, é a terceira força politica, enquanto o PASOK surge em quarto lugar com 6,42%.

Descomplicador:

O Syriza de Alex Tsipras venceu as eleições na Grécia com 30% dos votos, tendo-se novamente associado aos Gregos Independentes para formar Governo. O partido dos dissidentes, Unidade Popular, admitiu já o fracasso, assim como a Nova Democracia.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *