Taxistas com protestos diários contra a Uber

A Antral, a maior associação de taxistas de Portugal, anunciou que vai levar a cabo protestos diários até às eleições legislativas de 4 de Outubro. Ainda assim a organização liderada por Florêncio Almeida ainda não revelou a data de inicio dos protestos.

Uber TaxisA associação de taxistas pretende levar a cabo acções diárias até que a Ministra da Justiça leve a cabo as instruções que têm sido dadas pelos tribunais contra a actividade desenvolvida pela Uber. Esta decisão foi tomada após uma reunião com o Ministro da Economia, António Pires de Lima e com o Secretário de Estado dos Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro.

Florêncio Almeida, Presidente da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros disse que a organização vai assim promover acções espontâneas, que entre outros, vão fazer parar o Aeroporto de Lisboa e a Estação de Santa Apolónia.

O Presidente da estrutura sindical disse ainda que à falta de resposta da Ministra da Justiça, “secalhar o Ministro da Economia vai ter-nos à perna”. Florêncio Almeida acrescentou ainda que “nós não temos concorrência da Uber, nós temos ilegalidade da Uber”, concluindo que “ninguém é contra a Uber”.

Descomplicador:

A Antral, a maior associação de taxistas, vai promover protestos diários contra a Uber durante a campanha para as eleições legislativas. Florêncio Almeida, Presidente da estrutura garantiu que os taxistas vão paralisar o aeroporto e a Estação de Santa Apolónia.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *