Catarina Martins atira Mariana Mortágua para Ministra das Finanças

Num comício que decorreu ontem no Largo do Intendente em Lisboa, a porta-voz do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, disse não ter dúvidas que “Mariana Mortágua é melhor que Maria Luís Albuquerque ou Mário Centeno”, apelando assim ao voto no Bloco de Esquerda e deixando mais um conjunto de críticas à coligação PSD/CDS mas também ao Partido Socialista.

Mariana MortáguaCatarina Martins falou dos “lesados do centrão”, referindo-se às pessoas envolvidas no caso BES/GES e que “quando chegou a hora de lutar pelos lesados do BES no parlamento lá estava Mariana Mortágua, e o ‘centrão’ [PSD, CDS e PS] a observar um país a ser sangrado pelo sistema financeiro”.

Estas declarações vêm no seguimento da pergunta colocada por Paulo Portas sobre em quem mais confiariam, se em Maria Luís Albuquerque ou em Mário Centeno para assumir a pasta das finanças, afirmando a líder bloquista que “entre Maria Luís e Mariana Mortágua não há dúvidas”.

Apelando ao voto no Bloco de Esquerda, Catarina Martins afirmou que “tal como se diz, ‘o algodão não engana’, depois de tanta austeridade, as contas continuam descontroladas”, perguntando ainda “o que escondem os partidos a partir de 4 de Outubro?”.

Neste comício que contou com actuações musicais, estiveram presentes grande figuras do Bloco de Esquerda, sendo de realçar a presença de João Semedo, ex-coordenador do Bloco, mas também Pedro Filipe Soares, nº2 por Lisboa, José Gusmão, Helena Pinto e ainda a eurodeputada Marisa Matias.

Descomplicador:

Catarina Martins sugeriu ontem à noite o nome de Mariana Mortágua para Ministra das Finanças, respondendo assim a Paulo Portas quando questionou qual era a preferência dos portugueses entre Maria Luís Albuquerque e Mário Centeno.

 

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *