Passos Coelho coloca “gelo” na confiança dos apoiantes da coligação

Pedro Passos Coelho aproveitou hoje o dia em Guimarães para acalmar os ânimos dos apoiantes do Partido Social Democrata e do CDS que tem vindo a subir em flecha com as últimas sondagens. Com a mais recente sondagem diária da Universidade Católica a apontar a coligação para valores próximos da maioria absoluta, com o ainda Primeiro-Ministro a avisar que “sondagens não ganham eleições”.

Passos Coelho Portugal à FrenteApesar dos gritos dos apoiantes de “maioria” e “vitória”, Pedro Passos Coelho acalmou os ânimos quer na sua intervenção no centro da cidade, quer no almoço com apoiantes. O candidato da coligação Portugal à Frente disse que “as sondagens não votam, quem vota são os portugueses”, clarificando que a coligação anda “com a alma cheia, mas não andamos com o rei na barriga” e que “as eleições só se ganham no dia 4 de Outubro”.

Passos Coelho afirmou ainda que “o dia 4 de Outubro possa trazer uma grande vitória e uma boa e grande maioria”, repetindo a mesma mensagem no almoço para apoiantes que decorreu também em Guimarães para um público na ordem das 1500 pessoas, segundo dados da organização.

Descomplicador:

Pedro Passos Coelho pediu calma aos apoiantes da coligação Portugal à Frente, relembrando que “as sondagens não ganham eleições” e de que as mesmas só se ganham no dia 4 de Outubro, apelando assim a todos para irem às urnas e constituirem uma “grande vitória e uma boa e grande maioria”.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *