PCTP “lava roupa suja” no seu jornal online

O PCTP-MRPP, liderado pelo advogado Garcia Pereira tem publicado nos últimos dias no seu jornal online, Luta Popular, uma troca de emails entre alguns dos seus militantes e candidatos, pouco abonatórias em fase de campanha eleitoral.

Tudo começou quando Valentim Martins, nº2 do PCTP pelo Porto se ter queixado de a 14 dias das eleições ainda não ter sido informado de nenhuma acção de campanha, nem de ter visto nada “no Luta Popular online da agenda da candidatura e de acções levadas acabo (sic) pela candidatura junto do povo”. Valentim Martins diz não encontrar “motivos, até porque sou o 2º da lista, para me esconderem as coisas, não me pondo a par do que estão a fazer”.

PCTP MRPPA lista do PCPT-MRPP no Porto é liderada por Virgínia Pinho, uma designer de 31 anos, natural de Ovar. O email que acabaria por ser publicada no jornal online do partido levou, segundo um outro email de Valentim Martins com que João Pinto, responsável pela coordenação do partido no norte telefonasse ao candidato queixoso.

Segundo relata Valentim Martins, João Pinto reagiu com “agressividade verbal”, dizendo ao telefone “Já vistes o que fizestes?! Já vistes o que está no jornal?! Queres trabalhar?! (sic) A partir de hoje todos os dias na sede que há trabalho para fazer!, isto dito num tom de voz agressivo e à patrão”, acrescentando ainda que “a conversa por telefone, tanto ontem como hoje não tem sido boa, acabando por envolver a minha família”.

No dia 24 de Setembro, um dia depois do segundo email de Valentim Martins, um outro membro do PCTP que assina apenas Sebastião, envia um email ao Comité Central do partido queixando-se da “forma arrogante e reaccionária como o camarada Valentim é tratado pelo camarada João Pinto”, dizendo ainda que “esta é a forma de lidar com os operários e trabalhadores, que se tem manifestado no partido e que mostra como a política comunista está totalmente ausente das cabeças dos camaradas”.

Dois dias depois, a 26 de Setembro, João Pinto envia então um email ao partido “pedindo desculpas a todos os camaradas”, e dizendo que “as criticas foram aceites e as medidas para corrigir os erros foram tomadas”. No entanto a polémica não ficou por aqui, com Sebastião a enviar novo email no dia seguinte onde reforça o pedido ao Comité Central que “aprove uma resolução de crítica ao camarada, em defesa do camarada Valentim e que essa resolução se torne imediatamente pública, para que fique claro às massas, em particular às do Porto, a nossa posição de repúdio deste tipo de atitude reaccionária, nas fileiras de um partido comunista”.

Desde o dia 27 que não existem mais reacções a esta polémica no circulo eleitoral do Porto. Esta troca de emails foi disponibilizada no jornal online do PCTP, o Luta Popular e está disponível para consulta AQUI.

Descomplicador:

Valentim Martins é o nº2 do PCTP-MRPP pelo Porto, no entanto enviou um email ao partido dando conta que não tinha sido ainda informado de nenhuma acção de campanha. O email foi publicado no jornal online do partido, provocando reacções de responsáveis do partido e de outros militantes.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *