PCP viabiliza Governo socialista

Jerónimo e CostaAntónio Costa e Jerónimo de Sousa estiveram reunidos esta tarde para discutir eventuais soluções governativas entre PS e PCP e ainda para clarificar as linhas vermelhas de cada partido. Os líderes de cada partido fizeram-se acompanhar de uma equipa que ajudou a esclarecer as condições para que possa haver um entendimento entre ambas as forças partidárias. Do lado socialista, Ana Catarina Mendes, Carlos César, Mário Centeno e Pedro Nuno Santos estiveram ao lado de António Costa. Do lado dos comunistas três homens compunham a comitiva que acompanhou Jerónimo de Sousa: Francisco Lopes, João Oliveira e Jorge Cordeiro.

Às 18h01 os membros do PS estavam a entrar na sede do PCP para dar início às conversações. Depois de uma hora reunidos, os membros dos dois partidos saíram satisfeitos com a negociação. António Costa revelou que se tratou de “uma conversa franca” e que apesar das divergências conhecidas entre ambos os partidos foram encontrados “pontos de convergência importantes”.

Já Jerónimo de Sousa diz que conhece o programa do PS e que não se trata de “uma ruptura com a política de direita”, embora reconheça que o novo quadro político confere “uma oportunidade que seria incompreensível que se desperdiçasse”. O líder dos comunistas avisa que cabe ao PS escolher entre “PSD e CDS ou tomar iniciativa para formar Governo”. Nesse caso, garante Jerónimo de Sousa, a CDU viabilizará “um executivo socialista” e nem impõe a exigência de formar parte desse Governo.

Depois de esta tarde a reunião ter corrido bem, o Partido Socialista irá deslocar-se às 11h da manhã desta quinta-feira à sede do Bloco de Esquerda para dar seguimento à ronda de negociações que terminará na sexta-feira com um encontro entre António Costa e Pedro Passos Coelho.

Descomplicador:

O PS esteve reunido esta tarde com o PCP para delinear os limites de um entendimento que possa viabilizar um Governo liderado pelos socialistas. Tanto António Costa como Jerónimo de Sousa saíram optimistas da reunião, com o líder socialista a afirmar que houve “uma conversa franca” e com o deputado comunista a anunciar que o PCP viabilizará “um executivo socialista”. PS e BE irão reunir amanhã, por volta das 11h.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *