Centenas de milhares protestam contra TTIP em Berlim

100 mil pessoas, afirma a polícia. 250 mil manifestantes, diz a organização. O que é certo é que o número de pessoas que se manifestaram este Sábado em Berlim contra o TTIP foi avolumado e chamou a atenção dos media um pouco por toda a Europa. Há mesmo quem diga que este protesto foi o maior dos últimos anos no país de Angela Merkel. O objectivo desta manifestação era alertar para os perigos que podem estar por trás do projecto de parceria comercial e de investimento transatlântico entre os Estados Unidos e a União Europeia – o TTIP.

TTIPO TTIP é um tratado que pretende facilitar o comércio entre a União Europeia e os Estados Unidos através da criação de regras próprias e de flexibilização das leis de mercado para os assinantes do acordo. As vozes de protesto têm sido bastantes têm vindo a crescer nos últimos tempos. Uma das razões que leva mais pessoas a insurgirem-se contra o tratado é o facto de as negociações entre as duas partes estarem a decorrer debaixo de um enorme secretismo e sem que os habitantes dos EUA e dos estados membros da UE possam conhecer as condições e os detalhes do acordo.

O grupo de organizadores deste protesto era composto por diversas organizações ambientalistas e movimentos de cidadãos mas também por partidos que fazem parte da oposição ao Governo alemão. O que uniu os manifestantes e os organizadores foi o facto de acreditarem que o TTIP será benéfico para as empresas multinacionais, que irão passar a ter mais liberdade de negociação, e prejudicial para os trabalhadores dessas empresas assim como para os consumidores.

O protesto foi um sucesso para a organização e decorreu sem incidentes. Para isso contribuiu o número de polícias destacados para esta operação: mil agentes. Recorde-se que nos últimos meses na Alemanha o número de pessoas que afirma discordar do TTIP tem vindo a crescer substancialmente apesar de a própria Angela Merkel já ter alertado para os benefícios desta parceria.

Berlim foi a cidade onde os protestos tiveram mais relevância mas houve várias outras cidades europeias que se juntaram a esta iniciativa ao longo deste  sábado. As negociações entre EUA e UE irão entrar agora na 11ª ronda.

Descomplicador:

Centenas de milhares de pessoas protestaram este sábado em Berlim contra a realização do TTIP, um acordo transatlântico de comércio e investimento entre UE e EUA. Apesar de a polícia afirmar que o número de manifestantes ronda os 100 mil e de a organização apontar para um número mais elevado – 250 mil -, a manifestação foi um sucesso para os organizadores.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *