Votação na emigração dá mais três deputados à coligação

A votação nos círculos da emigração confirmou as expectativas iniciais e atribuiu três deputados à coligação PSD/CDS e um deputado ao Partido Socialista, deixando de fora o mediático candidato do Nós, Cidadãos, João Pereira Coutinho, que admitiu já pedir a impugnação das eleições nestes círculos.

Legislativas 2015A taxa de abstenção no que toca aos emigrantes foi de 88,3%, a mais elevada de sempre, tendo votado apenas perto de 30 mil eleitores de um total de mais de 242 mil recenseados. Com os dados da abstenção na emigração, o número final da abstenção nestas legislativas subiu para os 44,1%.

Assim o PSD e o CDS elegeram três deputados, um no circulo europeu e dois no circulo fora da europa. O deputado do Partido Socialista foi eleito no circulo europeu. Com esta nova disposição, o PSD e o CDS contabilizam 107 deputados, o Partido Socialista um total de 86 e os restantes com igual número, Bloco com 19 deputados, PCP com 17 e o Pessoas-Animais-Natureza com um deputado.

O Nós, Cidadãos tinha esperança de eleger um deputado pelo circulo fora da europa, através de João Pereira Coutinho, mas tal acabou por não se verificar, apesar do partido afirmar que pondera pedir a impugnação das eleições na emigração, com queixas relativas a falhas no envio dos boletins de voto que impossibilitaram muitos dos eleitores de votar.

Descomplicador:

Foram hoje contabilizados os votos dos círculos da emigração, com o PSD e o CDS a somarem mais três deputados e o Partido Socialista a somar mais um deputado. O Nós, Cidadãos pondera pedir a impugnação dos círculos de emigração

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *