União Europeia aprova mais 100 mil vagas para refugiados

A União Europeia, em conjunto com os líderes dos países dos Balcãs aprovaram recentemente mais 100 vagas para refugiados na Europa, dos quais 50 mil terão como destino de acolhimento a Grécia. Numa mini-cimeira, Alex Tsipras comprometeu-se a aumentar a capacidade grega para acolher refugiados.

RefugiadosNuma reunião realizada em Bruxelas, Alex Tsipras comprometeu-se a aumentar a capacidade de acolhimento da Grécia em 30 mil lugares, com o Alto Comissariado para os Refugiados das Nações Unidas a comprometer-se a criar mais 20 mil vagas, também na Grécia.

Assim metade dos 100 mil lugares que serão disponibilizados, têm lugar em território grego, com Jean Claude Juncker a pedir com rapidez a criação de abrigos temporários para os refugiados e migrantes que percorrem a rota dos Balcãs. O Presidente da Comissão Europeia tem a certeza de que será possível criar abrigos temporários para todos os refugiados.

A questão da Eslovenia foi também abordada, tendo em conta que nos últimos dias chegaram ao país mais de 60 mil refugiados. A União Europeia vai assim enviar 400 guardas de controlo fronteiriço para o país, que pediu também melhorias nas comunicações com a Croácia.

Na mini-cimeira, Juncker pediu ainda o “desencorajamento de movimentos de refugiados ou migrantes para outro país ou região” e a aposta no registo das pessoas, com o Presidente da Comissão Europeia a garantir que “sem registo, não há direitos”.

A reunião de Domingo, convocada pela Comissão Europeia, contou com a presença de governantes da Áustria, Bulgária, Croácia, Alemanha, Grécia, Hungria, Roménia, Eslovénia e ainda da Antiga República Jugoslava da Macedónia, Albânia e da Sérvia.

Descomplicador:

Um conjunto de países reuniram no Domingo em Bruxelas para uma mini-cimeira onde se atribuíram mais 100 mil vagas para refugiados na Europa e onde metade dessas vagas, 50 mil, serão na Grécia. Foram ainda discutidas outras estratégias dentro desta temática.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *