Francisco Assis vai reunir críticos de Costa

francisco assisFrancisco Assis divulgou ao jornal “Expresso” que pretende reunir com os militantes do Partido Socialista que não se identificam com a linha de liderança de António Costa. O eurodeputado adiantou ainda que os contatos vão ser encetados nas próximas semanas e que se destinam aos “militantes de várias zonas do país que discordam do rumo que está a ser seguido”.

Desde o primeiro momento que Francisco Assis se mostrou bastante crítico com a solução de o PS negociar a formação de uma alternativa de Governo com os partidos à sua esquerda. O eurodeputado defendeu que a coligação PàF devia poder formar o Executivo sem que encontrasse da parte dos socialistas um obstáculo para que essa situação acontecesse.

Nos últimos tempos tem sido Francisco Assis o militante que mais tem dado a cara para se opor à solução governativa que Costa tem estado a negociar com Bloco de Esquerda, PCP e PEV. O militante socialista considera que um eventual acordo entre estas partidos é “contranatura” e que não se trata da melhor solução para o país.

Ao semanário “Expresso”, Francisco Assis confirmou a intenção de se reunir com militantes socialistas que se encontrem descontentes com a solução de o PS negociar com os partidos de esquerda uma solução alternativa. Desta forma, assegura o eurodeputado, “ficará então claro que há uma linha interna crítica e alternativa”.

Apesar das críticas constantes sobre esta temática, Francisco Assis garantiu, numa entrevista concedida há duas semanas à RTP3, que “todos os socialistas” podem contar com ele “para tudo” no PS. Com esta afirmação o eurodeputado pretendeu mostrar que se encontrava concentrado em manter o partido unido e em não criar cisões internas no partido, adiantando que estará sempre do lado do partido. Ainda assim, os contatos com os militantes que não apoiam a linha seguida por Costa são para avançar já na próxima semana.

Descomplicador:

Francisco Assis tem sido a voz socialista mais crítica da linha de atuação de António Costa. O eurodeputado considera que uma alternativa de Governo formada com BE e CDU, ou por estes partidos apoiada, é uma solução “contranatura”. Por essa razão, Francisco Assis vai reunir com os militantes que, como ele, se encontram descontentes com a solução encontrada já nas próximas semanas.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH - Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *