Paulo Rangel fala em Luís Amado ou Guilherme D’Oliveira Martins para liderar Governo

Paulo Rangel disse à RTP que caso o Governo de direita venha mesmo a cair e caso a esquerda não consiga chegar a acordo, Cavaco Silva deve promover um Governo de iniciativa presidencial e falou até em dois nomes para encabeçar esta ideia. Luís Amado e Guilherme D’Oliveira Martins.

Paulo RangelO eurodeputado social-democrata disse que caso o programa do Governo seja chumbado na Assembleia da Republica, Cavaco Silva devia promover um “Governo técnico para assegurar os próximos meses”, referindo-se a um Governo de iniciativa presidencial, que ainda assim admite “também ter dificuldades em passar na Assembleia da Republica”.

Paulo Rangel diz que Luís Amado e Guilherme D’Oliveira Martins são dois nomes consensuais para assegurar um Governo deste tipo, preferindo esta alternativa a um Governo de gestão que estaria sujeito a uma “maioria negativa e bloqueado”.

Luís Amado foi Ministro dos Negócios Estrangeiros no Governo de José Sócrates, tendo sido também Secretário de Estado na mesma área e na Administração Interna. Já Guilherme D’Oliveira Martins foi até há poucas semanas presidente do Tribunal de Contas, assumindo agora o seu lugar na administração da Fundação Gulbenkian. No Governo de António Guterres foi Ministro da Presidência, das Finanças e da Educação.

Descomplicador:

Paulo Rangel, eurodeputado do PSD disse à RTP que Cavaco Silva deve optar por um Governo de iniciativa presidencial em caso de chumbo do actual executivo de Passos Coelho, lançando Luís Amado e Guilherme D’Oliveira Martins como dois bons nomes para liderar uma iniciativa destas.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *