PCP anuncia que há condições para PS liderar alternativa de esquerda

jeronimoO PCP anunciou esta tarde que o acordo entre os comunistas e o PS já foi alcançado e que estão reunidas as condições para que se forme um Governo de iniciativa socialista. Numa publicação no site do PCP, pode ler-se que o partido enviou esta sexta-feira um texto intitulado “Posição conjunta do PS e do PCP sobre solução política”para “assegurar um governo da iniciativa do PS”.

Foi ainda avançada a informação de que o PCP propôs ao PS uma data para a divulgação pública do acordo alcançado. Este anúncio surgiu poucas horas depois de ter sido tornada pública a informação de que o Comité Central do PCP irá reunir para analisar este entendimento.

No início desta madrugada, perto da 1h da manhã, tinha sido o Bloco de Esquerda a anunciar a conclusão das negociações com o Partido Socialista. Esta tarde foi a vez de PCP anunciar que propôs uma “posição conjunta” ao PS e uma data para a sua divulgação. Apesar de isto não ser sinónimo de que o acordo está fechado é uma boa indicação de que a conclusão do entendimento entre comunistas e socialistas está perto do fim.

No entanto, nenhum detalhe foi revelado até agora quer sobre este anúncio do PCP quer sobre o acordo já alcançado entre Bloco de Esquerda e PS. É esperado que, numa entrevista que António Costa vai conceder à SIC esta noite, sejam avançados mais detalhes sobre as negociações com as diferentes forças políticas.

Descomplicador:

O PCP anunciou esta tarde no seu site que estão reunidas as condições para que seja formalizada uma alternativa de esquerda liderada pelo PS. Depois do Bloco de Esquerda, agora foi a vez do PCP também anunciar a formalização do acordo com António Costa e com o Partido Socialista.

Publicado por: José Pedro Mozos

23 anos, natural de Lisboa. Aos dezasseis anos percebeu que a sua vocação era o jornalismo. Licenciado em jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social e pós graduado em Jornalismo Multiplataforma pela FCSH – Universidade Nova de Lisboa. Entre março de 2016 e junho de 2017 passou pela SIC Notícias. Faz parte da editoria de política da Revista VISÃO desde julho de 2017. Acredita no jornalismo como sendo um dos pilares de qualquer democracia. Atualmente, faz parte do Conselho Editorial do Panorama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *