Cavaco “it’s your turn”

No Parlamento os deputados decidiram tal como o Presidente da Republica, Cavaco Silva tinha pedido numa das declarações que fez ao país. Agora o futuro está novamente nas mãos do Presidente da Republica que tem que voltar a iniciar uma série de procedimentos para resolver a situação governamental em Portugal. Depois de 20 anos de vida politica activa, muitos dizem que esta é a fase mais difícil de Cavaco Silva.

Cavaco SilvaNas redes sociais, militantes e dirigentes da esquerda regozijam-se pelo facto de Cavaco Silva ter de empossar um Governo de esquerda no final da sua vida politica activa. Ainda assim e até que António Costa tome formalmente posse como Primeiro-Ministro, Cavaco Silva vai percorrer uma série de procedimentos formais, podendo em último caso até não indigitar o líder do Partido Socialista.

Se na verdade Cavaco Silva pode até formar um Governo de iniciativa presidencial, que teria muita dificuldade em passar no Parlamento, o mais certo será mesmo empossar António Costa. No entanto para já o Presidente da Republica vai receber amanhã o Presidente da Assembleia da Republica, Ferro Rodrigues, que dará conhecimento formal da moção de rejeição e do chumbo do Programa de Governo.

Menos de uma hora depois de receber Ferro Rodrigues, Cavaco Silva vai reunir com Pedro Passos Coelho, tendo antecipado em 24h a tradicional reunião semanal com o Primeiro-Ministro. Ainda assim esta poderá ser a última vez que Passos Coelho e Cavaco Silva se reúnam nestas funções.

Curiosamente para amanhã entre a audição de Ferro Rodrigues e a de Pedro Passos Coelho está agendada a condecoração de Assunção Esteves e Guilherme D’Oliveira Martins. Depois destas audições formais, Cavaco Silva deverá ouvir novamente todos os partidos com assento parlamentar tal como fez antes de indigitar Pedro Passos Coelho.

A par das audiências com os partidos que elegeram deputados, Cavaco Silva vai ao que tudo indica promover encontros com personalidades ligadas à área económica, mas também com outros nomes de relevo da sociedade portuguesa que podem não passar obrigatoriamente pela área económica.

Para além disso, Cavaco Silva pode ainda convocar o Conselho de Estado, o órgão de aconselhamento do Presidente da Republica e que actualmente é composto por personalidades como Marcelo Rebelo de Sousa, João Lobo Antunes, Leonor Beleza, Pinto Balsemão, Manuel Alegre, Marques Mendes e os ex-Presidentes da Republica, Ramalho Eanes, Mário Soares e Jorge Sampaio.

Descomplicador:

Até empossar António Costa, Cavaco Silva vai ainda dar cumprimento a uma série de procedimentos formais a começar já amanhã com as audições de Ferro Rodrigues e Pedro Passos Coelho. O Presidente da Republica deve ainda ouvir os partidos com assento parlamentar, novamente, bem como personalidades ligadas à economia.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *