Académica de Coimbra em eleições. JCP e JS lideram as duas listas concorrentes

A Associação Académica de Coimbra está em eleições durante o dia de hoje e de manhã para escolher o sucessor de Bruno Matias, na direcção-geral da académica conimbricense. Uma lista é liderada por João Carvalho, militante da Juventude Comunista Portuguesa e outra por José Dias, militante da Juventude Socialista e que representa a continuidade.

Académica CoimbraA lista A, encabeçada por João Carvalho, estudante de Filosofia de 19 anos, é a lista da “ruptura”, pretendendo colocar um ponto final na linha seguida pelas direcções anteriores. A lista intitulada “Até quando”, pretende lutar pelo fim das propinas, bem como o aumento global da qualidade de ensino e do financiamento atribuído às universidades. São também prioridades da lista encabeçada por João Carvalho, a melhoria das condições nas cantinas e nas residências universitárias. João Carvalho pretende também ver revogado o novo regulamento pedagógico que prevê turmas maiores.

Por outro lado, José Dias, que encabeça a lista B, com o slogan “Académica de futuro”, é vice-presidente da direcção actual, sendo responsável pela área politica. É militante da Juventude Socialista, tal como o actual presidente, Bruno Matias, e representa assim a “continuidade mas com uma grande dose de inovação em algumas áreas”. José Dias tem como maiores prioridades a revisão do Regime Juridico das Instituições de Ensino Superior para que mais estudantes possam estar presentes nos órgãos da universidade, bem como a diminuição do valor da propina e o aumento do financiamento.

Para as eleições da Associação Académica de Coimbra podem votar 23 mil eleitores, num acto que decorre até à meia-noite de Terça-Feira, 24 de Novembro. Para o Conselho Fiscal concorre ainda uma terceira lista, num órgão eleito pelo método de Hondt.

Descomplicador:

João Carvalho, militante da JCP e José Dias, militante da JS lideram as duas listas concorrentes à Associação Académica de Coimbra, num acto eleitoral que decorre até amanhã. João Carvalho representa a ruptura e José Dias, actual vice-presidente da estrutura, a continuidade.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *