Cimeira do Clima já tem a base para redigir o acordo final entre 200 países

A Cimeira do Clima de Paris aprovou um projecto de acordo para combater as alterações climáticas. Este projecto será agora analisado por 200 países para ser oficialmente assinado a 11 de Dezembro, encerrando assim um ciclo de trabalho de vários anos.

Cimeira do Clima ParisOs trabalhos para a construção deste acordo global começaram em 2011 em Durban, na África do Sul, mas só agora está em fase de conclusão o projecto com cerca de meia centena de páginas e ainda com várias opções em aberto.

Ainda assim, o COP21, o acordo global do clima, tem ainda as principais questões politicas para decidir, segundo o embaixador francês no plenário da cimeira, Laurence Tubiana. Ainda assim esta é “uma nova base para as negociações aceite por todos” e que necessita agora da “energia, inteligência, capacidade de compromisso, capacidade de ver ao longe para chegar a um resultado”.

Os 200 países envolvidos neste acordo global devem agora discutir o texto final, para que o acordo possa ser assinado a 11 de Dezembro tal como está previsto. A Cimeira do Clima de Paris decorreu após os atentados na capital francesa, tendo sido o primeiro grande evento a decorrer na cidade após os ataques, gerando assim nos principais protagonistas mundiais um elevado sentido de compromisso.

Descomplicador:

O texto de base para a redacção do acordo global sobre o clima está feito e pronto a ser discutido pelos cerca de 200 países que marcaram presença na Cimeira do Clima de Paris. Apesar das principais decisões politicas ainda estarem em aberto, a ideia é assinar o acordo no dia 11 de Dezembro.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *