PCP divulga texto de solidariedade para com Nicolas Maduro

O Partido Comunista Português divulgou hoje uma missiva de apoio a Nicolas Maduro após os resultados das eleições na Venezuela que deram maioria parlamentar à oposição dos “revolucionários” venezuelanos. Nas redes sociais, alguns dirigentes do PSD e do CDS ironizam já sobre a mensagem.

PCPA mensagem de apoio publicada no site oficial do PCP começa por lembrar que “após 17 anos (e 18 actos eleitorais em que foram derrotadas) as forças contra-revolucionárias alcançaram a maioria dos lugares no parlamento”, enviando assim um sinal de “solidariedade (…) com a confiança de que as forças progressistas e revolucionárias venezuelanas encontrarão as soluções que defendam o processo revolucionário bolivariano e as suas históricas conquistas que tão importante repercussão têm tido na América Latina”.

O Partido Comunista Português diz ainda que os maus resultados do partido de Nicolas Maduro, sucessor de Hugo Chavez, se deve a uma “conjectura desfavorável”, apontando como principais causas “a baixa do preço do petróleo”, bem como o “quadro de grandes operações de desestabilização e boicote económico dos sectores mais reaccionários venezuelanos articuladas com a ingerência do imperialismo contra a Revolução Bolivariana”.

Antes de terminar a mensagem de solidariedade, o PCP alerta para o “combate aos processos de soberania e progresso social que tem subtraído o continente latino-americano ao seu domínio” e à “solidariedade com os povos e as forças progressistas e revolucionárias venezuelanas e de toda a América Latina”.

Descomplicador:

O PCP publicou esta tarde uma mensagem de solidariedade para com Nicolas Maduro após a derrota nas eleições venezuelanas. O Partido Comunista Português justificou a derrota de Maduro, sucessor de Hugo Chavez com a “desfavorável conjectura económica” e com “a desestabilização e boicote económico dos sectores mais reaccionários”

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *