Acordo do clima fechado. Objectivo é limitar o aumento da temperatura

Dia histórico em Paris. O acordo do clima está fechado e assinado pelos 195 euros. O objectivo é limitar o aumento da temperatura “abaixo dos dois graus”, numa proposta classificada como “ambiciosa e equilibrada”. Apesar de alguns pontos não estarem ainda bem explícitos sobre a forma como serão executados, os aplausos foram mais que muitos pela “felicidade” de selar o acordo após o falhanço em Copenhaga em 2009.

Cimeira do Clima ParisO objectivo principal está definido embora falte ainda definir a forma ideal de execução, “limitar o aquecimento global a menos de dois graus Celsius tendo em conta os valores da época pré-industrial”, uma meta “ambiciosa” mas “equilibrada” segundo a maioria dos participantes que selaram este acordo na COP21 que se tem realizado na capital francesa.

Este acordo marca assim o fim a era dos combustíveis fósseis e aposta definitiva nas energias renováveis. Os méritos sobre a assinatura do acordo caíram maioritariamente sobre a liderança da União Europeia, actualmente a cargo de França, pelo efeito de pressão sobre os Estados Unidos da América, a China e a Índia.

Muitos dos negociadores falaram sobre as dificuldades em selar o acordo, com maratonas negociais que terminaram apenas de madrugada para resolver diversos “parágrafos ambíguos e várias questões que ficaram em aberto”. As longas maratonas negociais nem sempre indicaram que fosse possível atingir este acordo tal como foi conseguido hoje.

Descomplicador:

O acordo sobre o clima foi hoje fechado em Paris após longas maratonas negociais. Este acordo tem como objectivo principal a “limitar o aquecimento global a menos de dois graus Celsius tendo em conta os valores da época pré-industrial”. O acordo foi bastante elogiado, em especial depois do falhanço de Copenhaga em 2009 e o papel da liderança da União Europeia, pela França, foi também destacado.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *