Próximo PM moldavo exige que ministros “passem férias no país e ponham as crianças em escolas nacionais”

Ion Sturza foi indicado pelo presidente da Moldávia como o candidato a Primeiro-Ministro, tendo agora de encontrar suporte parlamentar para levar a cabo a sua legislatura. Aquando do anúncio, Sturza disse que iria “criar um código de integridade para envolver novas pessoas”. Sabe-se agora que algumas medidas desse “código” incluem a obrigação de passar férias no país.

Ion SturzaOs futuros ministros do governo liderado por Ion Sturza terão assim de passar férias na Moldávia, bem como recorrer sempre a hospitais do país. A par disso, os filhos dos governantes têm de estudar no país. Estas são algumas das medidas implementadas pelo candidato a Primeiro-Ministro que deverá apresentar o seu elenco governamental ao Parlamento nacional em breve.

Ion Sturza disse aos jornalistas que “as medidas podem ser populistas, mas sem o nosso exemplo nenhuma mudança será levada a cabo”. A par destas três medidas, existem outras como não estarem ligados a casos de corrupção ou tráfico de influências, na Moldávia ou em qualquer outro país e ainda não ter propriedades sem justificação, bem como não ter colaborado com os serviços secretos.

Ion Sturza vai apresentar o novo governo no dia 4 de Janeiro. Actualmente com 55 anos, o empresário com uma fortuna estimada em mais de 100 milhões de euros, ocupou já o cargo de Primeiro-Ministro entre Fevereiro e Dezembro de 1999.

Descomplicador:

O próximo Primeiro-Ministro moldavo, Ion Sturza implementou um código de ética aos seus governantes, que entre outros os obriga a passar férias no país, a recorrer a hospitais moldavos e a colocar os seus filhos a estudar em escolas nacionais.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *