Francisco Assis elogia Passos Coelho e antevê fim do governo PS

No seu artigo de opinião de final de ano para o jornal Público, o eurodeputado socialista Francisco Assis elogia o líder do PSD, Pedro Passos Coelho e antevê já o fim do governo liderado pelo seu camarada de partido, António Costa. O eurodeputado do PS acredita que Costa pode demitir-se antes da apresentação do Orçamento de Estado para 2017.

francisco assisNo entender de Francisco Assis, “António Costa, para ter sucesso, terá de ter condições para escolher o tema e o momento da crise política anunciadora do seu fim”, acreditando assim que “tal poderá suceder muito mais cedo do que antevê a maioria dos especialistas”. O modelo de governação escolhido por António Costa coloca assim o Secretário-Geral do PS a “governar em permanente estado de tensão procurando uma relação directa com o país, dramatizando deliberadamente os problemas que facilmente poderá antecipar”.

Francisco Assis considera assim que será António Costa a definir o momento da crise politica que conduzirá à sua demissão e à convocação de eleições antecipadas. Se António Costa recebeu criticas, Passos Coelho recebeu elogios, com Assis a dizer que com a saída de Paulo Portas, “Passos Coelho tem todas as condições para liderar a direita portuguesa”.

Para o eurodeputado do PS, o presidente do PSD “revelou força de carácter e até uma certa obstinação que é própria dos líderes políticos”. Para Francisco Assis um dos problemas de Passos Coelho será mesmo o de estar próximo de António Costa, num momento em que se confrontará no entender do eurodeputado com “a contradição entre os seus deveres de homem de Estado e as tentações de chefe partidário”.

Francisco Assis elogia ainda o momento de saída de Paulo Portas, dizendo que agora o CDS ficará “provavelmente a melhor primeira linha parlamentar da Assembleia da República”.

Descomplicador:

No artigo de opinião de balanço do ano, Francisco Assis critica o modelo escolhido por António Costa e antevê a sua demissão, deixando ainda elogios a Pedro Passos Coelho a quem antevê bom futuro à frente da “direita portuguesa”. O eurodeputado do PS elogia ainda o grupo parlamentar do CDS.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *