Sampaio da Nóvoa apresenta mandatários nacionais

Já são conhecidos os mandatários nacionais das causas da candidatura de Sampaio da Nóvoa à Presidência da República. 20 causas escolhidas, 40 mandatários. Isabel Moreira, Pilar del Rio e Vasco Lourenço foram alguns do nomes escolhidos. “Sempre um homem e uma mulher”, para “simbolizar a igualdade”.

Sampaio da Nóvoa“Quisemos que fossem sempre dois, um homem e uma mulher, para assim simbolizar a igualdade, a igualdade de género, todas as igualdades, que estão na matriz desta candidatura”, explicou o candidato presidencial, numa sessão onde também foi revelado que o constitucionalista Jorge Miranda é o presidente da comissão de honra da candidatura. Como coordenadores nacionais das causas foram escolhidos a ex-ministra Gabriela Canavilhas e antigo secretário-geral da CGTP Manuel Carvalho da Silva, que chegou a ser apontado como candidato presidencial.

A jornalista Maria Antónia Palla, mãe do Primeiro-Ministro António Costa e o antigo capitão de Abril Vasco Lourenço são os mandatários da causa “25 de Abril e Liberdades”. A deputada socialista Isabel Moreira e o constitucionalista Gomes Canotilho são os mandatários dos “Assuntos constitucionais”; o desporto é partilhado por Rosa Mota e Carlos Lopes.

A causa “Língua portuguesa” ficou nas mãos de Lídia Jorge e Eduardo Lourenço e na causa “Movimentos Sociais e Cidadania” os escolhidos foram Pilar del Rio e António Pedro Vasconcelos. Ana Gomes e Rui Tavares ‘dividem’ a causa da União Europeia.

A 20 dias das presidenciais, Sampaio da Nóvoa apelou a um esforço redobrado: “Isto é para ganhar, não é para descansar”. O candidato disse ainda que “quem faz uma campanha autossuficiente e sem ouvir ninguém” não dá garantias de que “chegado a Belém”, esteja disponível para “ouvir quem quer que seja”.

Sampaio da Nóvoa Carlos Lopes Rosa Mota

Restantes causas e respectivos mandatários:

“Ambiente e alterações climáticas” – Júlia Seixas e Filipe Duarte Santos

“Serviços públicos” – Ana Maria Bettencourt e António Arnaut

“Cidadania sénior” – Rosário Gama e António Betâmio de Almeida

“Igualdade e combate às discriminações” – Elza Pais e Miguel Vale de Almeida

“Cidades e desenvolvimento territorial” – Maria do Céu Albuquerque e João Ferrão

“Combate à pobreza e exclusão social” – Isabel Guerra e Alfredo Bruto da Costa

“Conhecimento” – Sofia Aboim e Miguel Castanho

“Cultura” – Maria do Céu Guerra e Rui Vieira Nery.

“Diáspora” – Ana Maria Faria e Hermano Sanches Ruivo

“Economia e inovação” – Inês Santos Silva e Fortunato Oliveira Frederico

“Juventude” – Sandra Barata Belo e Miguel Gonçalves Mendes

“Mar” – Vanda Nunes e Mário Ruivo

“Segurança e defesa” – Helena Carreiras e Fernando Melo Gomes

“Trabalho” – Guadalupe Simões e Sérgio Monte

Descomplicador:

Sampaio da Nóvoa apresentou ontem os 40 mandatários nacionais das causas da candidatura à Presidência da República. “Sempre um homem e uma mulher”, para “simbolizar a igualdade”, explicou o candidato presidencial. Jorge Miranda é o presidente da comissão de honra da candidatura. ”. Isabel Moreira, nos “Assuntos constitucionais”, Pilar del Rio, nos “Movimentos sociais e cidadania” e Vasco Lourenço, na causa “25 de abril e liberdades” foram alguns do nomes escolhidos. A 20 dias das presidenciais, Sampaio da Nóvoa apelou a um esforço redobrado: “Isto é para ganhar, não é para descansar”.

 

 

ymndmgmd@grandmasmail.com'
Publicado por: Rita Fernandes

Finalista do curso de jornalismo na Escola Superior de Comunicação, tem 20 anos e é natural de Lisboa. Não vive sem livros. Também redatora no site Espalha-Factos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *