Todos os lisboetas nascidos entre 2000 e 2014 têm direito a uma árvore na capital

É a mais recente medida ecologista da Câmara Municipal de Lisboa. Por cada criança nascida entre os ano de 2000 e 2014 será plantada uma árvore na capital portuguesa o que totaliza 28 mil novas espécies, um número que será ainda maior dentro do plano delineado pela autarquia para os próximos anos.

Segunda Circular Lisboa

(Créditos: DN)

Até ao final do ano serão assim plantadas 28 mil carvalhos e pinheiros-mansos, árvores de grande resistência, mas o número vai subir ao longo dos próximos anos, especialmente com o projecto de transformação da Segunda Circular numa avenida urbana.

O projecto da Segunda Circular é aliás o mais ambicioso de todo este plano e tem como objectivo transformar a via rápida da capital numa avenida urbana, com um separador central arborizado de 3,5 metros de largura, uma medida desde já muito elogiada pela associação ambiental Quercus.

Manuel Salgado, vereador do urbanismo da autarquia de Lisboa, disse ao Diário de Noticias que apenas os corredores de aproximação dos aviões e os viadutos e passagens aéreas não terão zonas arborizadas. Ao todo serão 7500 exemplares nas zonas envolventes e 580 no tal separador central.

Na Segunda Circular passam em média 105 mil veículos por dia, sendo que as espécies que serão plantadas serão sobretudo árvores de folha caduca, espécies que a Quercus diz que terão capacidade suficiente para suportar o volume de tráfego, alertando no entanto para a necessidade de bons sistemas de drenagem especialmente no Outono devido às folhas que cairão.

Descomplicador:

Lisboa vai plantar uma árvore por cada lisboeta nascido entre 2000 e 2014 o que vai resultar em mais 28 mil exemplares até ao final do ano. Até ao final de 2017 mais milhares de espécies serão plantadas em especial devido ao projecto de requalificação da Segunda Circular.

Publicado por: Miguel Dias

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Assessor de comunicação numa federação desportiva, colabora com a imprensa regional na sua cidade, Almeirim e criou um conjunto de projectos temporários sobre politica local e nacional. Fundou ainda uma rádio regional e é comentador convidado de ténis da Eurosport.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *