Donald Trump falta ao mais importante debate da Fox News porque … não gosta da jornalista

Ao fim de meses a liderar as sondagens a nível nacional, Donald Trump decidiu faltar ao último e mais importante debate, no Iowa, organizado pela Fox News, antes do arranque das votações por estados. O candidato republicano anunciou que não vai ao debate da pré-campanha presidencial porque não gosta da entrevistadora e tem medo de ser discriminado por ela. A Fox News já disse que o debate desta noite, em Des Moines, é mesmo para avançar: com ou sem Trump.

Donald Trump“A questão é que comigo estão a lidar com alguém que é um pouco diferente. Não podem brincar comigo como brincam com toda a gente. Por isso, eles que tenham o debate e veremos como são as audiências”. E acrescentou: “vamos ver o dinheiro que a Fox faz com o debate sem mim”. O magnata já anunciou que enquanto os adversários republicanos estiverem a debater, pretende estar num comício para recolher fundos para os veteranos de guerra.

Donald Trump tentou impedir que Megyn Kelly fizesse a entrevista e entrou em guerra com o diretor de informação da Fox News, mas o canal diz que não aceita que um candidato escolha jornalistas. “Ceder aos ultimatos dos políticos em relação a uma moderadora de um debate viola todos os princípios jornalísticos, tal como as ameaças, incluindo uma feita a Megyn Kelly pelo responsável da campanha de Trump, Corey Lewandowski”, lê-se no comunicado dos diretores da estação, emitido ontem. A Fox News, próxima dos setores políticos mais conservadores, já veio dizer que o debate desta noite, em Des Moines, é mesmo para avançar: com ou sem Trump.

O candidato diz que não gosta da jornalista desde o primeiro debate do canal, em agosto, onde ela o confrontou com declarações depreciativas em relação a várias mulheres. “O senhor já se referiu a mulheres de que não gosta como ‘porcas gordas, cadelas, vulgares e animais nojentos. Acha ser esse o temperamento de um homem que deveríamos eleger como Presidente?”.

Desde esse mês, já houve seis debates televisivos entre os vários candidatos que querem representar o Partido Republicano na luta pela sucessão de Barack Obama e Donald Trump dominou quase todos – no final de cada um deles, o magnata reforçou sempre a liderança nas sondagens nacionais.

Entretanto, a jornalista – acusada pelo candidato de ser “parcial e de não ter qualificações suficientes como jornalista para ser moderadora em debates da Fox News” – já reagiu ao caso. “Trump não está habituado a não controlar as coisas, mas a verdade é que ele não controla os media”.

Adversários criticam atitude de Trump

Ted Cruz Donald TrumpAs críticas dos adversários não se fizeram esperar. Ted Cruz – segundo nas sondagens tanto a nível nacional como no Iowa e New Hampshire – usou o Twitter para acusar Trump de estar com medo das perguntas de Megyn Kelly. Na rede social, o senador do Texas partilhou uma imagem do Tio Patinhas com a cara de Trump em cima de uns sacos de dinheiro e deixou a sugestão: “Desafio o verdadeiro Donald Trump para um debate a dois.”

O governador de New Jersey, Chris Christie, classificou o caso como um “grande erro” de Trump; Mike Huckabee, antigo governador do Arkansas, disse na própria Fox News que toda esta história é “muito drama”, mas pouco interessa à maioria dos eleitores do Iowa e o senador da Florida, Marco Rubio (terceiro nas sondagens), aproveitou para atacar tanto Trump como Cruz, afirmando que “este género de teatro é um bom entretenimento lateral, mas não vão ajudar a derrotar Hillary Clinton”.

Descomplicador:

Donald Trump decidiu faltar ao debate mais importante antes das votações por estados para eleger o representante dos partidos que vai ocupar o lugar de Barack Obama na presidência dos Estados Unidos. Isto porque Trump não gosta da moderadora do debate, Megyn Kelly. O candidato republicano tentou impedir que a jornalista conduzisse o debate, mas a Fox News já veio dizer que “ceder aos ultimatos dos políticos em relação a uma moderadora de um debate viola todos os princípios jornalísticos”.

ymndmgmd@grandmasmail.com'
Publicado por: Rita Fernandes

Finalista do curso de jornalismo na Escola Superior de Comunicação, tem 20 anos e é natural de Lisboa. Não vive sem livros. Também redatora no site Espalha-Factos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *